Com quais parâmetros devemos medir a arte e a imaginação das pessoas?

Resolvi escrever este artigo depois que um amigo, que está de passeio pela Europa, relatou um episódio que ocorreu com ele num museu de Londres (British Museum). Aqui vai parte do relato:

Uma vez estava visitando British Museum em Londres, na ala das obras de Da Vinci e Caravagio, quando me deparei com uma turma de crianças entre 8 a 10 anos juntas com seus professores. As crianças estavam sentadas no chão e a professora explicando o contexto das obras e sobre seus autores. Achei aquela cena tão incrível e interessante que resolvi bater uma foto.

Logo em seguida, uma das coordenadoras me viu tirando a foto e chamou o segurança do museu. Fui obrigado a deletar a foto e ainda disseram que se tirasse foto das crianças de novo, seria expulso do local.

E depois conclui:

Sim meus amigos, enquanto arte na Inglaterra é ensinada através de Caravagio e Da Vinci, no país tupiniquim apelamos pra um homem nu deitado no chão.

#paz #arte #greece

Não quero aqui discutir o que é e o que não é arte, pois não tenho competência para isso. Mas me preocupa, e muito, essa onda de protofascismo que vem se espalhando assustadoramente, alimentados por seres inescrupulosos e bem financiados como são as turmas do MBL, Mamãe falei e os cristãos sem Cristo, que ocupam cadeiras no nosso quadro político.

Portanto não quero que meus amigos sejam propagadores de ideias absurdas, difundidas por tais grupos fundamentalistas. E como residente na terra da rainha (sim, a terra é da rainha) por alguns anos, talvez eu possa esclarecer alguns pontos que foram levantados pelo meu amigo. Então vamos aos fatos (e ao debate, caso alguém queira discutir sobre este assunto comigo).

Sim, é fato, os ingleses fazem um esforço danado para tentar proteger suas crianças, principalmente depois dos escândalos de abusos de crianças que ocorreram durante anos seguidos nas escolas, nos orfanatos e nas igrejas daqui. Então é bom mesmo que eles tentem acabar com esta má reputação de abusadores de crianças. Estas tristes notícias são vazadas quase que diariamente, mas encobertas pela grande mídia.

Sim, é fato também que as crianças na Inglaterra visitam museus e as que moram em Londres têm o privilégio de poder contar com uma grande quantidade de museus. Também é fato que elas aprendem arte desde cedo. E não só através de Caravaggio e Da Vinci. Mas com imagens como estas aqui:

Mas para não perdermos o foco, vamos nos concentrar então nos mestres da arte citados. E que tal estas obras de Caravaggio? Os conservadores protofascistas vão dizer que se trata de pedofilia?

E nestas imagens aqui. será que os conservadores protofascistas vão dizer “homem que é homem não fica desta maneira” ou quem sabe irão dizer “pra mim isso é coisa de frutinha”, imitando um personagem da Globo?

As crianças de Londres estão acostumadas a ver imagens como esta abaixo. Mas e os filhotinhos protofascistinhas dos pais protofascistas do Brasil, que orgulhosamente se autointitulam “liberals with the money of others, but not with the art” (liberais com o dinheiro dos outros, mas não com a arte), deixariam seus filhotes verem esta arte de Caravaggio?

E esta arte? O que dirão?

Ah nesta eu imagino o que eles dirão: “bandido bom, é bandido morto”.

Vamos pular para Da Vinci agora?

O que os protofascistas vão pensar desta imagem?

Calma, protofascistas, é apenas a imagem do braço de Jesus quando criança.

Arte e imaginação são coisas muito difíceis de se mensurar.

Anúncios

Simbolismos por detrás dos atentados na Europa

Tenho quase certeza que passa desapercebido para muita gente os simbolismos divulgados amplamente pelos meios de comunicação (que eu prefiro chamar de meios de controle).

Desta vez não entrarei nos pormenores deste último “atentado terrorista” que ocorreu em Las Ramblas, Barcelona. Mas como sempre ocorreu com todos os outros atentados, as imagens são pouco nítidas quando filmadas por presumidas testemunhas locais e são quase sempre filmadas de cima para baixo e quando filmadas por baixo apontam a câmera para todos os lados, para dificultar uma melhor vizualização.

Mas vamos aos simbolismos de alguns dos atentados recentes.

E para finalizar os simbolismos da Europa, vou deixar um simbolismo do Brasil.

Fogo num prédio em Londres e a coincidência de alguns números

Ontem minha esposa quando chegou do trabalho me disse que ouviu durante todo o dia muitas sirenes dos carros de polícia, helicópteros voando, dando a impressão de que “algo” iria acontecer.

Horas mais tarde “algo” muito triste acontece em Londres.

Ainda é muito cedo para falar algo. Mas encontrei algumas pistas numerológicas que me deixou intrigado.

As imagens abaixo foram retiradas do site da BBC, um dos órgãos de propaganda da elite financeira:

Agora outras imagens retiradas do site The Guardian:

Não existe um consenso no número de mortos no último atentado de Paris e alguns relatos não estão coincidindo

 

Se alguém te perguntar, quantas pessoas morreram no último atentado de Paris, o que você responderia?

Sua resposta talvez se baseie em alguns destes números:

CNN 13/11/15 5:27 PM

Link da foto

Na imagem abaixo, podemos notar que a contagem dos mortos continua e que algumas horas depois teve um aumento no número de mortos que já haviam sido encontrados. Até aqui nenhum problema.

CNN 13/11/15 7:14 PM

Link da foto

O problema começa agora. Quase três dias depois dos atentados, a mesma fonte, CNN, que havia recebido a contagem de 149 e depois de 153, agora nos fornece a informação de que são 129 mortos.

O que isso tudo significa? Alguns voltaram a viver? Foram mal contados? Confundiram mortos com feridos? E os familiares dessa gente, o que será que pensa de tudo isso? Quanta alegria ao saber que um parente que foi dado como morto, agora se encontra vivo. E porque será que eles não noticiaram tal fato?

Outra coisa que andei investigando foi sobre o britânico que morreu dentro do Bataclan, Nick Alexander. Talvez por ser britânico e por estar relacionado com a banda que tocava no Bataclan, percebi que sua morte recebeu um certo destaque nas mídias internacionais.

Mas quem é Nick?

Nick é de Colchester, Essex, Reino Unido e tinha 36 anos. Ele estava em Paris, porque era o gerente de Merchandising da banda Eagles of Death Metal, que tocou no Bataclan na noite de sexta-feira 13. A mídia nos diz que Nick morreu no atentado. Mas morreu nos braços de alguém. Não nos braços de alguém qualquer, mas nos braços daquela que foi sua namorada, Helen Wilson. E antes dele morrer ela ainda tentou ressuscitá-lo, fazendo respiração boca-a-boca.

A mídia adora estas estórias.

Helen Jane Wilson, de 49 anos, ao ver que Nick não respirava mais disse (de acordo com o jornal The Telegraph):

Eu segurei ele em meus braços e disse que o amo. Ele foi o amor da minha vida.” Tudo isso aparentemente depois das 21:45 e dela levar tiros em ambas as pernas (nas coxas) e com a chegada da polícia e da ambulância ela foi hospitalizada, precisando tomar transfusão de sangue.

Nick havia convidado sua ex, Helen, para estar com ele neste concerto.

A estória é muito comovente e está cheio de apelos sentimentais, a não ser por alguns detalhes:

Polina Buckley, 24 anos, é a namorada de Nick Alexander. Ela, ao que tudo indica, mora nos Estados Unidos e a úlima foto deles juntos, registrado em seu Instagram, foi aproximadamente há um ano e meio.

Moi and my English muffin waiting to see Dolly Parton

A post shared by Polina Buckley (@polinabuckley) on

Polina em sua conta do Twitter diz: “Você é e sempre será o amor da minha vida, Nick Alexander”.

Quanto a Helen, a que segurou Nick em seus braços e que também disse que ele era o amor da vida dela e que levou tiros em suas pernas, os seus amigos do Facebook queriam saber do seu paradeiro, pois ela havia postado uma mensagem de que estaria no concerto do Eagles of Death Metal, no Bataclan.

Um dos seus amigos no Facebook, Cedric Chazaud, depois de escrever uma mensagem na timeline da amiga, às 22:33h, dizendo-lhe para dar algum sinal de que estaria bem, finalmente obteve uma resposta dela, alguns minutos depois. Às 22:57h, o que foi praticamente uma hora depois de Helen ter levado os tiros, ela informa ao seu amigo, Cedric Chazaud, via mensagem, de que estava ferida nas pernas, mas que entretanto o seu amigo havia falecido.

O curioso nesta estória toda é que Cedric envia outra mensagem via Facebook para todos os outros amigos que ele e Helen têm em comum com os seguintes dizeres:

“O seu empregado Nick, morreu em seus braços”

Seria então o Nick apenas um amigo, ex-namorado ou funcionário da Helen Wilson? Ou ele seria ele tudo isso ou nada disso?

Bibliografia

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/islamic-state/11995836/Paris-attacks-who-are-the-victims.html

http://www.rollingstone.com/music/news/eagles-of-death-metal-merch-manager-nick-alexander-killed-in-paris-attack-20151114

https://www.facebook.com/helen.j.wilson.37

https://twitter.com/polinabuckley

Papa Francisco e José Mujica são de esquerda! E agora quem poderá nos salvar se até o Chapolin era colorado?

No mês de abril deste ano li um artigo no jornal A Razão intitulado Motivo de esperança, que me deixou muito esperançoso em relação ao novo Papa Francisco. E de lá para cá passei a acompanhar mais de perto algumas notícias relacionadas a ele. Uma parte do texto dizia o seguinte:

Chama a atenção na escolha do arcebispo de Buenos Aires, Jorge Mario Bergoglio, o fato de, pela primeira vez, o colégio de cardeais privilegiar, em detrimento dos seus pares europeus, um nome da América Latina, atitude que pode ser vista como uma pequena, porém efetiva, mudança na visão global da Igreja.”

No começo confesso que cheguei a duvidar e pensei que poderia ser alguma estratégia da igreja, já que na América Latina temos a maior população católica do mundo. Mas pensei um pouco mais (a isso chamamos de ponderação, o fato de pensar e repensar várias vezes sobre alguma questão) e cheguei a seguinte conclusão: se fosse uma estratégia teriam escolhido um papa brasileiro, já que o Brasil é o pais com a maior população católica do mundo.

Depois veio o fato do Papa Francisco querer vir visitar o Brasil. Algumas dúvidas prontamente puseram a funcionar a minha máquina de matutação. Mas não pensem que foi pelo fato de um argentino querer visitar o Brasil, porque para mim futebol nunca teve barreiras nem traves, exceto as que vemos nos dias de jogos.

Talvez fosse o viés político? Não sei! Depois de morar quase 20 anos fora do Brasil e acompanhar pela internet tantas notícias de corrupção na política, qualquer pessoa na minha situação ficaria desestimulada de ver as coisas apenas com um olhar político. Mas (in)felizmente a política está em tudo e não podemos fazer vistas grossas, principalmente porque a política faz parte de todos nós.

Vendo então pelo lado da política, pensei: a política que vem comandando o Brasil atualmente é uma política de esquerda. Quero deixar claro aqui que para mim não faz a menor diferença se um político é de esquerda ou de direita, se ele é centroavante ou zagueiro, recebe hóstia ou faz reverência a Yemanjá. Mas o que quero dizer é que para mim religião, política e futebol, a gente discute e respeita.

Um político que vem ganhando respeito internacional é o presidente do Uruguai, José Mujica ou Pepe Mujica, como é chamado pelo seu povo. E ele também é de esquerda. Mas não é fato dele ser de esquerda ou de direita que chama a atenção dos órgãos e da mídia internacional e sim a sua abnegação para com o luxuoso e os gastos públicos. Em uma entrevista a BBC Brasil, Mujica disse que “espera que um dia outros líderes mundiais siga seu exemplo de modéstia diante de um cargo público”.

Parece que esse dia que José Mujica esperava já chegou. E vem de outro esquerdista. Mas desta vez, não de um político. O esquerdista de que falo é o Papa Francisco. Imagino que quem seja de direita deve estar se contorcendo todo, seja na cadeira ou no sofá. Ah, mas você não leu essa notícia nas mídias brasileiras? Você tem razão, esta notícia foi pouco foi divulgada na mídia brasileira. Talvez por influência (ou quem sabe para não influenciar?) do julgamento do mensalão.

Sim o Papa Francisco é de esquerda, como noticiou o jornal El País da Espanha:

Mas isso não muda nada. Ele poderia ser de direita. Imagine que enquanto você lê este artigo alguém te pergunta se seu cérebro é de esquerda ou de direita? Para você não vai fazer muita diferença não é? Na verdade você sabe que precisa dos dois hemisférios.
Se você é de direita e católico, você também tem muito a comemorar, mesmo tendo um Papa de esquerda. Lutar para acabar com a corrupção é um dever de todos. Assim como é nosso dever lutar para acabar com a mortalidade infantil, com a erradicação da pobreza, para darmos uma escola de qualidade para as nossas crianças. E outras tantas coisas mais que precisam ser consertadas.

E se alguém ainda quiser insistir em querer te mostrar que essas diferenças são importantes, simplesmente responda que para você os Princípios de Justiça e da Moral estão acima de qualquer partido político. E se ainda assim não funcionar, digam para chamar o Batman ou o Chapolin Colorado.

Globalização e as transformações aceleradas

O mundo sempre passou por transformações e essas transformações se notam principalmente com a espécie humana, a única espécie racional entre os animais, mas não a única inteligente (ou com princípios de inteligência), diga-se de passagem. Em cada cidade, em cada rincão deste planeta, sempre se tem algo para melhorar, para consertar, para lutar e combater. As oportunidades para o aprimoramento moral e material são infinitas, bastando ter visão para enxergar, vontade para agir e educação para saber tomar decisões de forma mais racional e acertada.

Em nossa cidade as coisas não poderiam ser diferentes. Todos devemos encarar a realidade dos fatos, procurando entender o porquê de certos acontecimentos e tentar, na medida do possível e de forma consciente, antecipar tais acontecimentos a fim de evitar cometer faltas, evitando prejuízos e também dores futuras. Por isso que é certo o ditado que diz que “prevenir é melhor que remediar”.

Parte dessas mudanças estão ocorrendo devido ao processo acelerado da globalização. Globalização não é um fenômeno novo. Os povos africanos foram os pioneiros em globalização. A globalização se deu também com os povos egípcios, com os vikings, com os romanos, com os ingleses, com os portugueses e com outros mais. A sociedade brasileira como é hoje constituída é fruto da globalização. O que é novo nos processos de globalização da atualidade, além da velocidade dos meios de transporte, é a forma como nos comunicamos e nos relacionamos. E isso se dá graças a internet, essa rede de computadores que nos conecta a todos, desde que haja a infraestrutura necessária. A internet acelera a comunicação global e dissemina a informação de forma massificada.

Portanto, enganam-se aqueles que ainda pensam que é porque moram numa cidade do interior é que estão “jogados às traças”. Isso é coisa do passado. O que ocorre com uma pessoa em uma cidade localizada no lugar mais remoto do planeta, é em poucos segundos do conhecimento de muitos, mesmo que alguns destes muitos estejam separados por milhares de quilômetros de distância. E se o que ocorreu foi alguma injustiça ou alguma tragédia, ai é que a notícia se espalha mesmo de forma até assustadora para muitos.

E essa nova forma de comunicarmos tem causado grandes impactos e profundas implicações em todas as áreas das sociedades modernas, quer nas relações sociais, quer nos campos científicos. Podemos notar por exemplo que a opinião pública vêm ganhando força e sua voz ganha eco nos quatros cantos do mundo. Por isso que sites como a Avaaz.org e Change.org vêm se tornando porta-vozes das sociedades interconectadas, tendo como finalidade denunciar crimes de toda espécie, procurando lutar por um mundo mais justo e equilibrado.

Na esfera pessoal, isso nos faz refletir sobre vários aspectos de nossas vidas, exigindo de nós uma nova postura perante a sociedade. Quantos casos novos não vemos todos os dias de denúncias, de todos os tipos de preconceitos, em redes sociais como Facebook ou Twiiter? Quantas não são as pessoas que possuem o vício da maledicência (hábito repetitivo de falar mal das pessoas) e ao manter tal vício na blogosfera, não se veem logo em apuros por que não sabiam que aquilo que acabara de dizer ou escrever iria ser capaz tomar proporções tão gigantescas?

E quanto a política? Não vemos hoje em dia um grande número de vereadores, deputados, prefeitos e senadores terem seus votos cassados, depois de uma grande pressão popular? Não foi recentemente que tivemos a lei Ficha Limpa criada graças as revindicações populares? Qual o político que, a dias de hoje, seria capaz de desprezar um clamor da população que ele representa? Muitos ainda tentam, mas estes estão com os seus dias contados.

Portanto, seja no comércio, na indústria ou nas áreas de prestação de serviços, ninguém e nenhuma empresa está isenta do olhar escrutador dos dias atuais. Devemos ponderar mais sobre nossos atos e nossas tomadas de decisões, procurando ser verdadeiros conosco mesmo e assim procedendo estaremos sendo verdadeiros também com o nosso semelhante. Agindo desse jeito, evitaremos ser achincalhados, quer pela opinião pública, quer pela justiça. Agora mais do que nunca se faz presente e atual o pensamento de Abraham Lincoln que disse: “Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos todo o tempo.

Seria possível aprender 3 novos idiomas durante o sono?

 

Um caso raro de mediunidade que pode deixar intrigado qualquer pesquisador da linguagem.

Este texto aborda uma experiência rara (talvez única) sobre o processo de aquisição de uma segunda, terceira e quarta língua durante o sono, através de sonhos[1,2]. O autor procurou direcionar seus estudos sob uma ótica diferente, já que se trata de um processo diferente de aquisição de linguagem. Como se considera um espiritualista científico (estudante do Racionalismo Cristão[3]), encontrou boas explicações para esse fenômeno no campo do espiritualismo.

Mas primeiramente se faz necessário esclarecer o que seja a mediunidade, desmistificando alguns pontos. De acordo com o livro Espiritualismo Científico – A Vida fora da Matéria, 1ª Edição Capitulo XVII, página 159, que fala sobre A MEDIUNIDADE, temos o seguinte texto: “Umas das faculdades do espirito humano que mais reclamam atencioso e demorado estudo é a mediúnica, da qual lamentavelmente se tem muito pouco ocupado as organizações cientificas. É esta, sem dúvida, uma lacuna que terá de ser preenchida com o progressivo desenvolvimento espiritual dos seres.

Ficando claro de acordo com o autor do livro, que pouco ainda se tem estudado sobre essa faculdade do espírito. A seguir podemos extrair do mesmo livro: “A mediunidade, que se manifesta de múltiplas maneiras – de acordo com o grau de evolução de uma ou mais de suas modalidades – é faculdade inata no espírito de todos os seres encarnados que dispõem, pelo menos, da intuitiva, a qual varia, ainda assim, de indivíduo para indivíduo, de conformidade com o desenvolvimento que vai obtendo, de encarnação em encarnação.

Portanto, mediunidade não é dom no sentido de ser um privilégio para alguns e nem tampouco uma doença ou castigo divino. Estudos (espiritualistas) nessa área mostram que ela está desenvolvida mais na infância e que vai se tornando menos visível a partir dos 7 anos de idade. Porém certos indivíduos conservam suas faculdades mediúnicas por mais tempo e outras faculdades podem se tornar mais notórias na fase adulta.

E este foi justamente o caso de Edvalson Bispo dos Santos[4], conhecido mais como “Galinha Tonta” que, desde seus 7 anos de idade, passou a receber “visitas” em seus sonhos, de garotos de outras três nacionalidades diferentes (Japão, Alemanha e Inglaterra) da qual ele começou a ter uma relação de amizade, já que tais sonhos perduraram por cerca de 15 anos.

Como podemos observar no vídeo (o link também se encontra no final deste texto), quando as crianças se aproximaram dele, ao se apresentarem cada uma em seu idioma, o menino Galinha Tonta entendia em sua língua falada, que é o português, como se tivesse “um transmissor que traduzia em seu cérebro”[1], essas foram as suas próprias palavras. E ele foi capaz não só de entender a linguagem oral como também a linguagem escrita. Dificultando assim o raciocínio para qualquer estudioso do processo de criação e desenvolvimento da linguagem, que leve em consideração apenas o cérebro, descartando outros fatores externos.

Qualquer estudioso das teorias de aprendizagem da linguagem sabe que é praticamente impossível, de acordo com seus estudos, aprender um novo idioma sem ter contato com a língua[5,6]. Qualquer estudioso da psicologia infantil também sabe disso. Então como explicar o fenômeno que ocorreu com Galinha Tonta? Como explicar o aprendizado de línguas como Japonês, Alemão e Inglês, sem livros, sem professores, sem coleguinhas nativos nestes idiomas?

Sabe-se que o Galinha Tonta aprendeu a escrever primeiro nas 3 línguas novas, antes mesmo de ir para escola para aprender o português. Então como isso seria possível? Será que poderemos encontrar alguma resposta nos estudos de Piaget ou Vygotsky, ou nos estudos do comportamento humano como o “behaviorismo” ou nos trabalhos de Chomski [7,8,9,10]?. Ou quem sabe analisando este caso raro de aprendizagem, outras questões não poderão ser levantadas e outras teorias não poderão ser formuladas? Como bem quis sugerir o autor do livro Espiritualismo Científico onde sabiamente disse: “uma lacuna que terá de ser preenchida com o progressivo desenvolvimento espiritual dos seres”.

O fato é que Galinha Tonta aprendeu novos idiomas fora de um ambiente tido como propício para isso, o único ambiente que ele encontrou foi o encontrado em seus sonhos. Poderia então, durante o sono existir um ambiente propício para o aprendizado, como foi neste caso? Amiguinhos imaginários poderia ensinar uma criança de 7 anos aprender Kanji[11], esta forma de escrita completamente diferente das línguas românicas[12], da qual o idioma português é derivado? O próprio autor deste artigo, que residiu no Japão por cerca de 2 anos, sabe muito bem das dificuldades de aprender o Kanji mesmo morando e convivendo com os praticantes desta escrita.

“O pensamento é vibração do espírito, manifestação de Inteligência, poder espiritual” – Racionalismo Cristão – Capítulo VIII [13]

De acordo com a ciência espiritualista explanada pelo Racionalismo Cristão, podemos concluir que pode haver aprendizado por telepatia [14] – através do pensamento, que é a comunicação do espírito – e a mediunidade, no tocante à comunicação com espíritos, ocorre não só por processos telepáticos, como também auditivos, visuais, olfativos, etc. Portanto, sendo o pensamento a linguagem universal do espirito[15], foi fácil para Galinha Tonta, entender e compreender o que lhe era transmitido, ainda que em 3 idiomas distintos e em simultâneo. E que durante o período de 15 anos ele foi desenvolvendo essas habilidades tantos na escrita, quanto na fala.

Portanto, nada há de misterioso ou místico nesta forma de aprendizagem. O que ainda falta é um sério interesse e compromisso, por parte da ciência convencional, em estudar os fenômenos que se realizam fora da matéria.

Referências:

1 – Reportagem do Fantástico (http://youtu.be/z_KQoLOqsXs)

2 – Entrevista (http://youtu.be/BmG4BwcThkE)

3 – Racionalismo Cristão (http://racionalismocristao.org/)

4 – Site Galinha Tonta (http://www.galinhatonta.com.br/)

5 – Aprendizagem (http://pt.wikipedia.org/wiki/Aprendizagem)

6 – Aquisição de Segunda Língua (http://pt.wikipedia.org/wiki/Aquisi%C3%A7%C3%A3o_de_segunda_l%C3%ADngua )

7 – Jean Piaget (http://pt.wikipedia.org/wiki/Piaget)

8 – Lev Vygotsky (http://pt.wikipedia.org/wiki/Lev_Vygotsky)

9 – Behaviorismo (http://pt.wikipedia.org/wiki/Behaviorismo)

10 – Noam Chomsky (http://pt.wikipedia.org/wiki/Noam_Chomsky)

11 – Kanji (http://pt.wikipedia.org/wiki/Kanji)

12 – Línguas Românicas (http://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%ADnguas_rom%C3%A2nicas)

13 – Extraído do texto A Força do Pensamento (http://www.racionalismo-cristao.org.br/gazeta/diversos/a-forca-do-pensamento.html)

14 – Texto da medica Glaci Ribeiro da Silva (http://www.racionalismo-cristao.org.br/gazeta/artigos/decsegre.html)

15 – Pensamento, Linguagem Universal (http://www.arazao.net/pensamento-linguagem-universal.html)

Veja uma miniaturização do mundo num vídeo de apenas 5 minutos

Conheça o mundo em miniatura, através de uma das mais perfeitas obras de miniaturização jamais realizada. Esta magnifica obra de arte ainda está em construção, que foi iniciada no ano 2000 pelos irmãos gêmeos Federico e Gerrit Braun, da Alemanha e espera-se que seja concluída em 2014.

Para quem tiver de passagem pela Europa, vale a pena ir até Hamburgo na Alemanha, para se impressionar com essa maravilhosa obra.

Caso o vídeo não abra em português, você pode traduzi-lo usando a opção CC do Youtube.

Aprenda como medir o nível de ruído com seu celular Android

Você já se perguntou se estaria ouvindo a sua música muito alto ou apenas curioso para saber o quanto alto o seu parceiro ronca? Com um aplicativo gratuito e seu telefone Android, você pode transformar seu telefone em um medidor de ruídos.

Baixe o aplicativo de Medidor de Ruído no Android Market e inicie o aplicativo. Começará a medir os niveis de som do ambiente nos níveis mínimo, médio e máximo, em decibéis (dB). Ele também destaca os níveis de ruído típicos do cotidiano, para que você possa ter uma idéia do que esses níveis de ruído representam. Além disso, você pode alterar o gráfico, como mostrado na figura abaixo:


(Crédito da foto para Ed Rhee)

O aplicativo usa o microfone do telefone para as medições, por isso dependendo do hardware do seu telefone, você poderá não ser capaz de alcançar a escala máxima.

(Fonte: Cnet)

Uma lição que vem do céu.

Nós, seres humanos, fizemos vários progressos desde o aparecimento de nossa espécie neste planeta. Mas também fomos responsáveis por varias catástrofes que a história já pode registrar. Porém há certos tipos de impacto que causamos que as vezes se tornam muito difíceis de detectar.

Recentemente ocorreu a morte de milhares de pássaros, mais de 2.000 registrados e alguns dizem que foram mais de 5.000 aves mortas, no município de Beebe, Arkansas, EUA. Ainda não se sabe a causa para tal fenômeno, que tem uma característica bem particular. As mortes foram registradas apenas dentro do município.

Fenômenos de mortes massivas de pássaros, vem se tornando comum e já foram registradas outras vezes, em várias partes do globo. Este fenômeno já foi registrado em outras partes dos Estados Unidos e também bem próximo do Brasil, na Argentina e no Chile. Muitas destas mortes ainda sem uma explicação racional.

O que faz deste caso, que ocorreu na virada do ano, um caso particular e intrigante, foi o fato de não ter sido registrado mortes de aves fora do município, dai descartando as possíveis causas por contaminação, quer pela agricultura ou pelos rios. E fez com que fosse levantada outras hipóteses que merecem a pena serem estudadas. Uma delas foi relacionar o fato a dois tipos de poluição, causada pelo ser humano: a poluição luminosa e a poluição sonora em simultâneo.

Estas aves, tem uma audição mais sensível que nos mamíferos. Caso se possa confirmar as mortes destas aves e seu provável relacionamento aos fogos de artificio, por causa da poluição luminosa e sonora na virada do ano, muitos outros estudos deverão surgir a partir deste caso. Por exemplo, outras perguntas surgirão como: Que impactos causariam os fogos de artifícios (poluição sonora) em gestantes com poucas semanas de gravidez, onde se inicia a formação auditiva de seus bebês?

Esperemos que casos como este encontre logo uma causa provável e uma solução racional. E que as pessoas não se deixem distrair com estorias apocalípticas e outras de finais dos tempos, como o tão baforejado 2012.