Estaria Alckmin utilizando de uma nova estratégia para o caso fosfoetanolamina?

Quem fizer uma pesquisa recente sobre a fosfoetanolamina vai encontrar várias notícias dizendo que o governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, vai produzir a fosfoetanolamina sintética no Estado. Mas será isso verdade ou seria mais um jogo de ilusionismo?

Exemplo de pesquisa feita no google:

Exemplo de pesquisa feita no O Globo:

No meu ponto de vista, não há coisa pior para um paciente terminal, e seus familiares, do que uma falsa esperança. E penso que esta é uma estratégia que está sendo utilizada pelo governador de SP.

Mas por que o governador de SP faria uma coisa desta?

A resposta pode estar no fato de que ele provavelmente esteja almejando disputar as eleições para presidente em 2018. E Alckmin está com poucas balas no cartucho. Alguns dos tiros que foram dados, acertou o próprio pé do governador e do seu partido, o PSDB. Que foram o ataque aos professores que entraram em greve e o ataque ao ensino (ou aos estudantes) que teve o nome adocicado de “reorganização escolar”. Houve protestos e a resposta dos alunos foi ocupar as escolas que seriam fechadas pelo governado Alckmin. E como resposta o governador bateu nos alunos.

Recentemente o governador e o partido do PSDB em São Paulo, se envolveram em outro escândalo: o desvio de verba que seria destinado para a merenda escolar.

Agora vamos pensar um pouquinho, apenas um pouquinho mesmo: um governador que não valoriza a educação, que bate em professores, que bate em alunos e que pessoas de seu partido tiram a comida que iria alimentar crianças para aumentar ilegalmente o capital do próprio bolso, estaria realmente pensando na saúde do seu próprio povo?

A estratégia é o faz de conta

Sim, faz de conta que estamos preocupados com a educação e por isso vamos suspender temporariamente a reorganização escolar, ou fazê-la na surdina. Faz de conta que estamos preocupados com a saúde e que vamos liberar um hospital para testar a fosfoetanolamina, mas a USP ou o laboratório de São Carlos vão continuar impossibilitados de distribuir gratuitamente os medicamentos, ok?

E nesse mundo de faz de conta, a Globo que antes era contra agora passou a falar bem da fosfoetanolamina ou já não mostra tanto as suas reportagens tendenciosas

O Estado de São Paulo esteve prestes de perder o direito de fabricar a fosfoetanolamina para outros Estados?

Parecia que o Estado de São Paulo ia perder o direito de produzir a fosfoetanolamina para outros Estados. Alguns achavam que ia ser o Paraná, outros achavam que ia ser em Santa Catarina e outros realmente acreditaram que o Rio Grande do Sul ia ser o Estado que iria fabricar a fosfoetanolamina.

Se isso acontecesse ia ser um fracasso total para Alckmin e para o PSDB no Estado de São Paulo, então uma nova estratégia teria que ser criada. Primeiro tiveram que sabotar qualquer possibilidade da fosfoetanolamina ser fabricada fora do Estado de São Paulo e depois dar a impressão de que a fosfo vai ser fabricada e testada em São Paulo.

O vídeo abaixo do Deputado Estado do Rio Grande do Sul, Marlon Santos, explica muito bem como funciona a máfia desta indústria que diz ser da saúde

 

Nem a USP, nem São Carlos, agora vai ser Cravinhos

Tudo bem, o governador quer ganhar tempo. Afinal de contas as eleições 2018 se aproximam. Então a melhor estratégia é disponibilizar um novo laboratório, como o de Cravinhos.

Só que há um problema para o governador Alckmin. Quando o laboratório PDT Pharma, em Cravinhos, comprovar a segurança da dose utilizada e de que a fosfoetanolamina “não apresenta efeitos colaterais graves”, antes mesmo da “pesquisa seguir para o primeiro estágio”, vão estar dando, sem querer é claro, carta branca para todas as liminares que antes estavam sendo suspendidas pelo próprio Governador Alckmin.

E dizer logo de cara que a fosfoetanolamina não é segura seria uma péssima estratégia para o governador, pois está mais que comprovado que a fosfoetanolamina é segura, tanto no Brasil, quanto no exterior, onde é conhecida pelas siglas EAP ou 2-EAP.

E voltar a colocar o laboratório de São Carlos a produzir, a todo o vapor, a fosfoetanolamina, para atender aos 1.400 pacientes que tiveram o seu fornecimento cancelado por Alckmin, não interessa nenhum um pouco aos donos da Indústria Farmacêutica e nem aos seus representantes no Brasil, que são a meia dúzia de “médicos” citados pelo deputado Marlon Santos no vídeo acima.

Pelo que vejo, a postura do governador de São Paulo vai ser a de enrolar e continuar com o engôdo, ludibriando os pacientes e seus familiares através das mídias convencionais. Isso deve ocorrer até as eleições de 2018.

Esperamos que eu esteja redondamente enganado.

Bibliografia:

http://oglobo.globo.com/sociedade/governo-de-sp-anuncia-producao-da-fosfoetanolamina-sintetica-18618709

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/215841/Folha-m%C3%A1fia-da-merenda-amea%C3%A7a-‘Alckmin-2018’.htm

http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia2.php?id=244456

Alckmin pede e Tribunal de Justiça de SP proíbe fornecimento de substância contra o câncer

Anúncios

2 opiniões sobre “Estaria Alckmin utilizando de uma nova estratégia para o caso fosfoetanolamina?

  1. Médicos oncologistas do Sírio Libanês – SP (Brasil) sempre negaram que receitavam fosfoetanolamina para seus pacientes. Será ?

    Veja https://www.facebook.com/deiseilha/posts/1185608734785856

    Nessa mesma postagem, médico receita fosfoetanolamina sintética para médico.

    ANVISA liberou CAELYX que contém FOSFOETANOLAMINA: http://folhanobre.com.br/2016/01/15/bomba-descoberta-trapaca-da-anvisa-ela-nao-quer-liberar-cura-do-cancer-pelo-fosfoetanolamina-mas-liberou-caelyx/18025

    Veja o vídeo: http://youtu.be/oxHxEM7gCZw

    A Fosfoetanolamina será liberada, nem que tenhamos que sintetizá-la em casa em baldes !

  2. Atendendo ao apelo de familiares e de milhares de pacientes com câncer o governador Geraldo Alckmin tem se empenhado muito para viabilizar a aprovação da fosfoetanolamina. Com a definição do laboratório os testes chegam à fase final de testes. A ‘pílula do câncer’ é considerada por muitas pessoas uma esperança no tratamento da doença.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s