Mortos no Bataclan começam a ressuscitar

Atualizado em 19/11/2015 às 18:36

Como noticiei ontem, não existe um consenso entre os números de mortos deste último atentado em Paris.

Os números de mortos do atentado parisiense parecem os números das bolsas de valores, eles ficam oscilando o tempo todo, ora aumenta, ora diminui. Os números de mortos foram aumentando, aumentando, chegou a 149, depois teve um ligeiro aumento, passando para 153 e dois dias depois teve uma forte queda, passando para 129. E os números da cotação dos mortos do Bataclan parecem continuar a cair. Para quem apostou num grande número de mortos, ver esta queda não é nada bom.

Bom mesmo está sendo para quem apostou na vida. Ontem mesmo escrevi o seguinte: Quanta alegria ao saber que um parente que foi dado como morto, agora se encontra vivo. Assim foi o caso de Pilar Touceda, que apostou na vida do seu filho Alberto Pardo Touceda. Ele havia sido dado como morto pelas autoridades francesas e espanholas.

Alberto Pardo Touceda é de Pontevedra, região da Galícia, na Espanha e morava há 3 anos na França, atualmente na cidade de Estrasburgo, divisa com a Alemanha. Como todo bom galego, a sua mãe também é muito desconfiada. E ela chegou a indagar sobre a morte do filho: “Como a polícia francesa é capaz de saber que é o meu filho sem um exame de DNA?”, relataram alguns parentes dela. Esta deveria ser a pergunta para fazermos sobre todos os mortos destes último atentado de Paris. Onde estão os exames de DNA de todos estes mortos? Fizeram de algum pelo menos?

Atualização:

Outro espanhol de nome Jorge Alonso Celada, foi confirmado posteriormente pelas autoridades espanholas como vivo. O seu filho, Guillermo Alonso, assegurou que havia recebido dois correios eletrônicos de seu pai. Depois o próprio Jorge Alonso telefonou para sua esposa confirmando que se encontrava bem

Mortos no Bataclan começam a ressucitar

Bibliografia
http://brasil.elpais.com/brasil/2015/11/16/internacional/1447640117_529566.html (ou http://nfde.tk/80f7)

http://www.lasexta.com/noticias/mundo/jorge-alonso-celada-otro-espanoles-dado-muerto-paris-comunica-familia-que-esta-vivo_2015111500178.html

Anúncios

2 opiniões sobre “Mortos no Bataclan começam a ressuscitar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s