Tem coisas que não encaixam no atentado contra a revista Charlie Hebdo

Algumas observações que faço sobre o atentado em Paris.

Os atiradores eram bem preparados, bem treinados. E eles tinham a intenção de fugir e de manter o anonimato. Por isso eles usavam máscaras e roupas pretas iguais, difucultando até distinguir quem é quem entre eles. Inclusive eles usavam luvas, que dificultaria as buscas por impressões digitais nos veículos roubados, que foram usados para cometer o atentado e a fuga.

A polícia francesa afirma que foram três terroristas que executaram os ataques e que um deles havia deixado seus documentos dentro do carro roubado.

Aqui as coisas começam a não fazer sentido para mim.

De onde surgiu o terceiro suspeito? Em todas as imagens que analisei só apareciam dois suspeitos. Inclusive, um dos sobreviventes, Laurent Léger, que estava na sala onde os jornalistas e o editor da revista foram mortos, afirma que eram duas pessoas.

Homens armados são vistos saindo de um carro e apontando armas a um carro da polícia perto do escritório da revista satírica Charlie Hebdo, em Paris (Foto: Anne Gelbard/AFP)

 

Agora com toda a precisão e frieza do mundo que estes criminosos demonstraram ter, cobrindo seus rostos e ocultando suas impressões digitais, eles iriam deixar um passaporte no interior do veículo roubado? Ou seja, eles iriam deixar a prova para a polícia chegar até eles? E se deixaram, isso demonstra que são amadores, ainda que pareçam ser peritos em atirar. Algo não encaixa.

Sobre o terceiro suspeito, Hamyd Mourad, que se entregou à polícia depois de ver seu nome sendo noticiado nos meios de comunicação, seus colegas afirmaram que no momento dos ataque ele estava na sala de aula. Vários são os seus colegas que confirmaram isso pelo Twitter (#MouradHamydInnocent), afirmando que estiveram junto com o suspeito naquela mesma manhã dos ataques.

Atualizado dia 09/01/2014 às 16:58h

Trago aqui um vídeo da TV France 24h, mas antes confira algumas imagens que retirei do vídeo.

No momento dos ataques ao escritório da revista Charlie Hebdo, algumas pessoas subiram no teto do prédio e começaram a fazer as filmagens com seus celulares. Dentre essas pessoas parecia que havia um policial, ou ao menos havia uma pessoa com um colete à prova de balas. Conforme você poderá ver na imagem abaixo.

Depois este mesmo policial ou civil com colete (porque alguém precisaria de um colete à prova de balas na calma e pacata Paris?) dá orientações para as três pessoas que parecem ser policiais vestidos com roupas pretas.

Ele diz algo parecido com “à gauche” ou seja, para a esquerda, mas só que os policiais viram para a direita. A imagem depois parece que é cortada e já aparece no meio da rua os dois “terroristas” vestido de forma igual aos três policiais que viraram para a direita. E parece que estes “terroristas” atiram naqueles três policiais. Mas pelo visto não os mataram. Conforme vocês poderão conferir no vídeo abaixo.

No final deste vídeo é possível ver que aparece outra pessoa com colete à prova de balas (ou um reprise, o que não ficou bem claro para mim).

Atualizado dia 10/01/2014 às 14:43

Nas minhas pesquisas acabei descobrindo o blog Aangirfan onde o autor afirma que o atentado em Paris foi um trabalho interno, que a MOSSAD atacou Charlie Hebdo.

Para quem não sabe o que seja o Mossad e nem o Kidon:

“O Mossad (serviço de espionagem israelense) conta com um departamento, o Kidon, cujo objetivo é assassinar inimigos de Israel, em qualquer parte do mundo, que não possam ser julgados num tribunal normal.” (Kidon: assassinos acima da lei)

Curiosamente, o editor chefe da revista Charlie Hebdo (que tem ascendência judaica) estava de viagem por Londres e por isso foi poupado. E o jornalista judeu Amchai Stein, editor geral do IBA Channel 1 de Israel, simplesmente apareceu no exato momento para (en)cobrir os “fatos”.

Agora vejam mais estas duas coincidências envolvendos o povo de Israel.

O primeiro carro abandonado pelos terroristas foi em frente de um restaurente (judaico) Kosher.

O terceiro suspeito, Amedy Coulibaly, também invadiu um supermercado (judaico) Kosher, Hyper Cacher.

E por que os judeus fariam uma coisa destas?

A revista Charlie Hebdo já teria zombado do agente do Mossad Abu Bakr al-Baghdadi (Simon Elliot).

E também:

Parlamento da França vota pelo reconhecimento do Estado palestino.

França votou contra Israel nas Nações Unidas e Israel disse que ficou “profundamente desapontado”.

Atualizado dia 11/01/2014 às 21:10

Coloco outro vídeo da invasão do supermercado Hyper Cacher. Neste, com a visão por outro ângulo, é possível ver que um policial primeiramente adentra dentro do supermercado e que os demais ficam pelo lado de fora atirando. Inclusive quando o policial entra, os demais continuam atirando pelas suas costas. Seria isso possível sem colocar em risco a vida do policial? E o “terrorista que foi abatido” não seria o policial que entrou sem o capacete e o escudo protetor?

E de acordo com o nosso comentarista José Palma, se o possível “terrorista” levava a arma a tira colo, de mãos para o ar, porque o abater sem dar-lhe a hipótese dele falar, de ser interrogado?

O jornal El País afirma que haviam 6 pessoas como reféns dentro do supermercado. Alguém consegue contar quantas saíram do supermercado?

Atualizado dia 13/01/2014 às 9:32

A nossa comentarista Silva fez algumas observações interessante sobre os videos que disponibilizamos da invasão ao supermercado Kosher. No primeiro vídeo disponibilizado, da BFM TV, se nota claramente que um dos policiais parece jogar uma granada bem próximo a eles. Se ampliarem a imagem, nos segundo 05 e 06 do primeiro vídeo, é possível ver os policiais com os escudos, abrirem a trincheira, um outro policial então entra para se proteger, a trincheira feita com os escudos volta a se fechar e aí vê-se a explosão.

Repare que este pequeno detalhe não é possível ver com muita clareza pelas imagens da TV estatal francesa SOIR 3, mas mesmo assim é possível ver o policial jogando a granada aos 36 segundos e suas movimentações pelos capacetes, pois a emissora direciona a câmera para cima neste momento, para depois voltar a baixar. Seria proposital essa mudança no foco da câmera?

Além das balas, uma granada também não colocaria em risco a vida dos reféns? Ou seria esta granada uma indicação, um sinal para o policial que estava dentro para sair correndo contra a porta de vidro, já que o mesmo se encontrava parado, como quem esperando por algum sinal para atuar?

Atualizado dia 13/01/2014 às 10:08

Recebi esta informação de uma pessoa que preferiu não se identificar.

Repare na imagem abaixo. A suposta vítima que estava sendo carregada na maca pelos paramédicos parece ter uma marca na cabeça, o que para mim parece ser um número dois. O que vocês acham?

Teria esta vítima uma tatuagem desta na cabeça? Seria este um procedimento dos médicos franceses de marcarem os pacientes de atentatos terroristas? 1) para quem tiver ferimentos graves e 2) para quem tiver ferimentos leves e 3) para quem sofresse apenas danos psicológicos mas sem ferimentos?

São novas dúvidas que vão surgindo e esperamos que todas elas sejam solucionadas o mais breve possível.

Para quem entende a língua búlgara deixo aqui o link do vídeo “Verdade Encoberta” da pessoa que reparou nesta marcação.

Atualizado dia 14/01/2014 às 13:00

Repare bem nos olhos dos irmãos Kouachi. Algum deles tem olhos azuis? Pois bem, foi o que uma das vítimas disse a uma reporter francesa, disse que ele tinha “lindos olhos azuis”.

E sabe aquele sangue que ninguém viu sair do policial? Um outro repóter disse bem assim: “o sangue sobre o chão que foi colocado lá”. O sangue foi posto depois?

Agora, quem vai fazer um memorial, colocando velas e flores enquanto o sangue ainda está no chão? Se a polícia isolou a área, porque então foi permitido que colocassem essas velas, flores e até um carrinho de supermercado? Isso não contaminaria o cenário do crime?

Atualizado dia 14/01/2014 às 18:07

Curioso, mas sei que muitos não vão querer acreditar. Mas Nicolas Sarkozy, que também é judeu (ou tem ascendência judaica) encontrou-se com o “terrorista” Amedy em 2009.

Quem quiser acompanhar mais sobre este caso deixo aqui a página (em inglês) de Dutchsinse no Facebook.

Para quem quiser ler sobre outros líderes judeus como Angela Merkel, Bill Clinton, Hillary Clinton, Obama, Bush, deixo aqui um texto em português do caminho alternativo.

Atualizarei assim que tiver mais novidades ou suspeitas.

Bibliografia

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2015/01/150107_operacao_policia_ataque_mdb_lgb

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/01/nao-sei-como-consegui-escapar-diz-sobrevivente-do-charlie-hebdo.html

http://heavy.com/news/2015/01/hamid-mourad-charlie-hebdo-terror-suspect-arrest-yemen-cheriff-jouachi-said-kouachi/

https://storify.com/reportedly/mouradhamydinnocent

France24H: https://www.youtube.com/watch?v=MgqiFz3-v98

http://aanirfan.blogspot.com.br/2015/01/mossad-attacks-paris.html

Kidon: assassinos acima da lei http://www.bresserpereira.org.br/terceiros/2012/12.01.E%C3%A7a-Assassinos_acima_da_lei.pdf

http://rehmat1.com/2015/01/09/mossad-visits-charlie-hebdo-office-in-paris/

http://tapnewswire.com/2015/01/charlie-hebdo-says-love-is-stronger-than-hate/

http://brasil.elpais.com/brasil/2015/01/09/internacional/1420789660_177092.html

Anúncios

524 opiniões sobre “Tem coisas que não encaixam no atentado contra a revista Charlie Hebdo

  1. Sério entristece-me tantas acusações e ofensas relativas a este blog. Se querem saber também não fiquei elucidada e provável mente nunca ficarei, publicamente só se saberá aquilo que quer que se saiba e que favoreça quem tem de favorecer, e “nos bastidores” teorias nunca passaram disso mesmo, teorias…

    Não percebo a questão dos Judeus, só porque sofreram nunca mais podem ser acusados de nada? (não faz sentido) Eu não os culpabilizo, mas sim, até pode provar-se que são culpados de alguma coisa, faz de quem culpa ou questiona a culpa anti-semita? e também não percebo a necessidade de atacar alguém que na sua liberdade decide questionar os factos, e reúne a informação gráfica que ilustra os seus argumentos. O único desrespeito pelas vitimas é se realmente tiver sido tudo encenado por forças governamentais (EUA e França) para servirem os seus interesses e culparem o Médio Oriente.

    O problema da linguagem é este mesmo, a má interpretação e o desentendimento, mas faz parte, há que saber respeitar. Inteligente é quem sabe ser flexível ao ponto de mudar de opinião caso a sua se revele errada! como é que vamos conseguir paz se num simples blog como este as pessoas não conseguem manter a calma e expor uma opinião diferente sem ofender e atacar os oponentes??

    Neste Mundo as pessoas deviam ter vergonha de muita coisa, de falar mal de quem não conhecem por exemplo, de não protestar e de se mobilizarem (também) pela criança que entra no hospital violada pelo pai e pelas milhares de mortes injustificáveis a inocentes nos países sub-desenvolvidos, pelos maus tratos a animais e a crianças por todo o mundo… agora vergonha de vir aqui colocar publicamente uma questão?! de ter uma maneira diferente de ver as coisas?! de questionar os factos ou aquilo que nos fazem chegar como factos?

    Sério, cada vez fico mais desiludida com este novo conceito de humanidade pseudo-sensível que nega a hipocrisia que defende.

    Sinceramente desejo-vos sorte, paz, saúde e amor, muito amor! Um pouco de humildade e bom senso também a quem fizer falta.
    _/\_

    • Muito obrigado mais uma vez Raquel. Eu sempre acreditei que quando fazemos um bem, outras pessoas bem intencionadas se juntariam pela mesma causa. E você, assim como outras aqui, é uma delas.

      Vou deixar aqui um pequeno vídeo de um judeu (acredito que você já deve conhece-lo), foi ele (e depois George Galloway) que abriu a minha mente sobre a questão da palestina (e do mundo árabe).

    • Sublinho o que a Raquel disse e digo mais, só os que têm uma mente tacanha (fechada) e que não aceitam novos pontos de vista ´´e que pecam pela inteligencia. Obrigado e reflitam nas vossas acçoes e comentarios.

      • A forma como os controladores da mídia querem que você pense é justamente essa.

        Imagino que sejas também um imigrante a morar na França, estou certo?

        E que eres um imigrante bom, os demais (búlgaros, romenos, árabes…) é que são ruins, não é assim?

    • E a história se repete. Quantas mais mortes não presenciaremos? Só de pensar já me causa imensa tristeza e novamente culparemos pessoas inocentes como sendo os mais terríveis terroristas, enquanto que os verdadeiros terroristas, sairão como os bonzinhos da história.

      A Síria que se prepare. #JeSuisSíria

  2. 1) O policial ao entrar leva consigo uma AK47 (ou similar) na cintura!!! O “terrorista” ao sair PULANDO nos tiros também tem uma igualzinha na cintura. Alguem ve algum outro policial com uma arma deste tipo?
    2) O policial de fora, antes de jogar a granada, faz um sinal para o policial de dentro erguendo o braco pro alto.

    Esse roteiro e diretor nao ganhariam nenhum Oscar. Que péssima montagem!

    • João, tens uma boa observação. Seja bem vindo a este blog, mas alguns aqui te chamarão de antissemita, contra judeus e contra o povo de Israel.

      Obrigado pela participação.

      • Para começar quero agradecer o trabalho de todos… Não é que vá adiantar nada… Pois tudo vai permanecer como dantes mas ao menos serve para abrir mais alguns olhos….

        Em segundo queria deixar aqui uma anotação quanto ao anti-Semitismo… Uma grande maioria de judeus estão contra a ocupação pela força mas vivem intimidados… Mas claro que a alta finança, os grupos de empresas que fabricam armas, a malta do petróleo e essencialmente o dinheiro judeu que mantêm a economia americana falam mais alto. Os povos sírios, palestiniano, iraquiano ( que tinham armas de destruição maciça… Como os palestinianos… Paus e pedras), etc, etc, é que continuam a sofrer… Os afegãos são martirizado pelos talibans e não vejo qualquer tipo de ajuda ateste povo.

        Na realidade chegou a primeira ajuda ao povo palestiniano com o reconhecimento do seu país pela Suecia e com a votação dos franceses… Em França foi isto e na Suécia foram os atentados… Isto dá realmente que pensar….

        Voltando ao anti-Semitismo…. Um amigo meu disse-me um dia e faço minhas as suas palavras… “O último bom judeu morreu há quase 2000 anos”… Esse amigo tb disse que ” o bom judeu é o judeu morto ” mas isso é incitar à violência e isso é contra a minha forma de ser… Mas nunca se sabe… Há que deixar todas as hipóteses em aberto

        • Obrigado por seu comentário. Acreditamos que todo ser humano tenha um pouco de bondade e também de maldade. Então faz parte de nossa luta diária eliminarmos os nosso ponto negativos e reforçar as nossas qualidades.

          Os judeus perversos são uma minoria e estão num grupo intitulado de sionismo.

  3. Já vi teorias da conspiração mais bem feitas do que esta… completamente FAKE
    Podias ao menos ter feito uma coisa melhor. de certeza que não cumpriste serviço militar porque se tivesses feito não estarias a escrever coisas estúpidas como referes sobre o ataque da policia… desculpa mas o que aqui está escrito não é nada convincente… kakaka aquele video do sangue é que está de mais, o som que sai em nada tem a ver com o que o jornalista está dizer, basta olhar para os lábios…

    • Concordo plenamente com o seu comentário. ainda por cima com o fim anti-semita do autor deste blogue: “líderes judeus” Angela Merkel (Luterana), Bill Clinton (Baptista), Hillary Clinton (Metodista), Obama (Cristão), Bush (Metodista Unido)

        • Não pdoes considerar que o reporter simplesmente se enganou? Troca a palavra “blood” por “sand” e faz todo o sentido… normalmente colocam areia em cima do sangue quando há este tipo de casos. Essa paranoia não deve fazer nada bem à saúde, já tenho que aturar os totós que postam teorias da conspiração todo o dia no facebook e se for a perguntar se conhecem a história ou se leram alguma coisa relacionada com os assuntos e com as regiões onde estes se passam ficam à toa.. porque a única informação que conhecem é a dos sites de conspirações.

          • Dizer que seria areia no lugar de sangue, também não é uma teoria da conspiração?

            Porque colocar areia e não limpar diretamente o local? Ah, alguém poderia passar por cima do sangue e se escorregar? Então não seria melhor fazer como se faz nos shoppings e supermercados quando limpam? “Cuidado, piso escorregadio”. Gostei da sua teoria (anti-)conspiratória 😉

  4. A vossa teoria da conspiração não faz sentido.

    – o “homem do “colete de bala”” está claramente a falar para as pessoas que estão no telhado, para que evitem as balas;
    – por um lado querem dar a entender que os terroristas eram outros, mas quando dá jeito já dizem que os terroristas eram conhecidos de Sarkozy;

    Verifiquei isto em apenas 30 segundos. Mais incoerências devem existir. Para quem acusa as autoridades de incoerências na história…

    Não sei se são anti-semitas, mas sei que prestam um serviço aos “heróis” assassinos (não foi nenhum líder judaico que os chamou de heróis) e ao terrorismo com mentiras e insinuações deste género. Deus tenha piedade das vossas alminhas.

    • É, para quem faz uma análise de 30 segundos numa matéria onde já levo seis dias de intensas pesquisas, obviamente que tiraria conclusões precipitadas e não deu outra, o seu comentário atesta isso.

      Acredito que de nada adiantará sugerir-lhe que volte a ler a matéria, que analise os vídeos e que verifique todos os links fornecidos, porque o senhor já fez conclusões de nossa pessoa, acreditando que sejamos antissemita, que defendemos os “heróis” assassinos, etc.

      P.S: não acreditamos que existam “alminhas” nem “almonas”, mas apenas almas. E não acreditamos que Deus possa ter piedade de alguma alma. Se Deus tiver piedade dos reais assassinos deste mundo, então a coisa tá muito feia.

  5. Uau, que filme !! Ninguém viu também os ovnis que largaram homens verdes e viscosos, tambem eles disfarçados de policias no momento dos crimes??

  6. Ainda com isto tudo, não acredito, pois, nós ocidentais temos uma maneira diferente de ver as coisas, o treino é feito de maneira diferente e não me estranha que polícias estejam metidos, eles infiltram pessoas em todo o lado para que sejam bem sucedidos.
    Haviam pessoas que não deviam ter morrido, claro, mas fogo, já era tempo de alguém mostrar a esta gente que liberdade de expressão não é sinónimo de passar a vida a gozar com os outros. Isto é típico dos meninos da escola a fazerem bulling uns aos outros e depois ficam escandalizados quando a vítima se volta contra eles.
    Gostam de se rir à conta dos outros, pois saibam que isso não é saber viver em sociedade e assumam a responsabilidade de se rirem dos outros.

  7. Bem, nem sei por onde começar.

    Confesso que sou sempre muito céptico no que toca a “explicações” oficiais e já estudei alguns casos que não são o que nos fizeram crer.
    Mas neste caso e nesta teoria só tenho a dizer que os factos aqui apontados não são plausíveis.

    1- Os coletes

    O jornal charlie hebdo já tinha sido atacado várias vezes, incendiado etc. O director do jornal tinha inclusivamente um elemento da polícia em permanência com ele. Haviam vários coletes à prova de bala, quer no charlie hebdo quer nas redacções de outros jornais que se situam no mesmo edifício, onde trabalham vários repórteres que costumam estar em cenários de guerra. Um inclusivamente é luso-descendente “Paul Moreira”.

    2 – O sangue

    Aqui é falta de conhecimentos de língua inglesa. Foi colocada uma “poça de sangue” falso em homenagem ao derramamento de sangue dos atentados. Foi um acto simbólico.

    3- A mossad

    A mossad é realmente uma das forças especiais mais temida do mundo. Têm uma reputação de serem eficazes e de cometer alguns assassinatos a terroristas ou outros criminosos que tenham cometido atentados contra Israel. Há várias “estórias” de erros e fracassos deles que envolveram a morte de inocentes.
    Agora afirmar que a mossad poderia preparar estes ataques é no mínimo ridícula. A política externa francesa é pró-palestiniana e em caso de haver o menor indicio que Israel estaria por trás destes ataques iria levar a que a França de uma vez por todas apoiasse a Palestina a ser um estado. Era um risco demasiado alto que eles (israelitas) não poderiam correr.

    4- Angela Merkel, Bill Clinton, Hillary Clinton, Obama, Bush, JUDEUS???

    Então esta é completamente descabida. Nenhum destes líderes é Judeu ou seu afiliado. Apenas o Bush por uma questão política é que é totalmente pró-Israel.

    Gosto muito quando o comum cidadão perde o seu tempo a “investigar” e a analisar os factos sem ser pelo olhos da comunicação social “mainstream”. Acho até que alguns dos factos políticos mais relevantes da História estão mal contados e a verdade não chegou ao público, mas este “artigo” não tem ponta por onde se pegue.

    • Certo, só é estranho que nenhum jornalista do Charlie usava coletes e que a polícia do lado de fora estava desarmada.

      Onde você encontrou que foi colocado uma poça de sangue falsa no local como um ato simbólico? Pode nos passar um link?

      • Pode ser que encontres aqui a resposta, mas duvido… Ao menos enriqueço-te o blog 😉

        Aqui está o “terrorista” que toda a gente vê com as mãos no ar

        E um pequeno complemento à tua última actualização

  8. Prezado Marden, muitíssimo interessantes suas observações. Um detalhe que me ficou muito mal explicado foi como os policiais que estavam naquele carro que vai de marcha ré pela Verte Alley conseguiram sobreviver aos tiros de AK 47 dos terroristas que os encurralaram no cruzamento com a Boulevard Richard-Lenoir, https://www.youtube.com/watch?v=TnVHxG_46ew. Neste mesmo vídeo, também notamos a grande diferença entre o porte físico dos terroristas identificados como os irmãos Kouachi. Um deles é bem mais alto e forte, apesar da idade próxima, 34 e 32 anos. O menor poderia ser até uma mulher, se observarmos mais detalhadamente a maneira de andar (fato observado inicialmente por minha esposa).

    • Caro Nelson, diga a sua esposa que ela é uma excelente observadora. No vídeo onde “matam” o policial alguém já tinha levantado esta hipótese num fórum em inglês onde se discute este episódio ocorrido em Paris. E o porta munições que (ela?) carrega na frente poderia camuflar-lhe os seios. Mas agora ficou mais claro. Repare também que em determinado momento aparece uma parte do pescoço da pessoa mais alta, que é bastante clara (também pode-se ver perto dos olhos), o que poderia então confirmar que tal pessoa teria os lindos olhos azuis, como relatou a repórter francesa.

      Também não sei como os policiais conseguiram sobreviver. Mas ao chocar com um carro no final da rua, percebe-se que ambas as portas se abrem. O que podemos presumir que os policiais tenham escapado, apesar dos terroristas continuarem avançando para cima deles atirando. O curioso é que os “terroristas” fugiram em sentido contrário na via (contramão), eles deveriam ter virado para a direita e não para a esquerda.

    • Realmente quanto mais vejo estes vídeos mais me surpreendo…
      No início do vídeo que o Nelson postou ouve-se o/a turra mais baixa a falar baixinho e parece efectivamente uma voz de mulher. Nunca grita, ao contrário do outro. Se estavam tão convictos do que estavam a fazer era natural que gritassem os dois a tal cena do “Há lá um snack-bar”.
      A corridinha que ele/ela dá no fim é tudo menos máscula.
      E no fim do vídeo ouve-se um dos tipos que estavam a filmar a falar em….. Árabe, Isso mesmo, leram bem!

  9. No vídeo da liberação dos reféns. Minuto 0:51 – 0:53

    O primeiro da fila (refém careca) sai mais preocupado em ouvir as instruções dos policiais do que de fugir dali correndo desperadamente, mas até aí tudo bem.

    A segunda da fila (mulher com origem oriental) sai SORRINDO, isso mesmo, SORRINDO. basta pausar o vídeo em 0:52 ou 0:53 e esperar que a cabeça dela fique entre os galhos. Vejam pelas bochechas, ela está sorrindo!

    Comentem ,por favor.

    • Mas vocês não têm coisas mais convincentes para poderem provar que estão certos??? Desculpem a palavra, mas este comentário é de uma debilidade a toda a prova! O refém “está mais preocupado em ouvir as instruções dos polícias do que fugir dali”??? Numa situação igual o que fariam? Iam fazer os saldos??? E “a mulher de origem oriental sai SORRINDO… veja pelas bochechas”… Quando o ser humano ri ou chora, as bochechas fazem o quê?? As minhas fazem o mesmo movimento nas duas situações (mas devo ser um caso único). E mesmo que estivesse a rir, não existem pessoas que em situações de stress riem em vez de chorar? Não poderia estar “contente” por ter saído viva de lá? Ah isso não, porque eram só figurantes 👌
      Para informação, este comentário foi feito no plural pois tão inteligente é quem o escreve como quem o cauciona ( e senhor Marden, não me venhas outras vez dar uma de “Calimero” e dizeres que te estou a atacar em vez de me basear nos factos). Não suporto dualidade de critérios! ✌

      • O sr. Pedro pode ou não pode achar que ela estaria sorrindo? Sobre este fato, não se encontra nada a respeito no meu texto, encontra? Então não generalizes.

        Quando escrevo um texto, procuro me cercar de informações. Foi assim que te informei sobre o policial que “suicidou” e que a senhora parecia não querer acreditar.

        • Claro que o Sr Pedro pode achar, ele e todos nós (os nossos ancestrais bateram-se por isso, pela liberdade)
          Tens toda a razão quando dizes que não encontro nada a respeito no teu texto mas a 2ª parte do teu comentário “Pode ser que tenhas razão Pedro, mas vai ser difícil confirmarmos isso.” quer dizer o quê??
          Sabes, eu acho que ainda não percebeste muito bem a minha posição, mas eu vou-te explicar.
          Estou-me nas tintas para quem orquestrou tudo isto, estou-me nas tintas para quem tem razão ou não, mas gosto muito de pessoas com carácter e que assumam as suas acções.
          Para mim, não contam, nem nunca contaram as competências académicas, a origem, as crenças das pessoas, não é isso que faz delas boas ou más, simplesmente o carácter e os valores são importantes para mim.
          Quando alguém lança para a net um assunto com o intuito expôr a SUA verdade e se esconde atrás da desculpa de apenas querer “descobrir” a verdade, deve manter-se imparcial, ou então assume de uma vez por todas, o que não é o teu caso.
          E não preciso de transpirar muito para te provar, basta ler os teus comentários a todos os intervenientes neste blog. Se te enviam algo que vá ao encontro das tuas ideias, não te vejo argumentar muito, mas no caso contrário (e algumas bem pertinentes e legítimas), tens sempre um argumento para que te apresentem mais provas.
          Assume!!
          Provas que tens razão? Sou humilde o suficiente para dar a mão à palmatória e te pedir desculpa, agora não me venhas tentar “tapar os olhos”.
          Quando assumires ou mostres uma verdadeira imparcialidade, quem sabe até serei capaz de te defender 🙂

          “Quando escrevo um texto, procuro me cercar de informações. Foi assim que te informei sobre o policial que “suicidou” e que a senhora parecia não querer acreditar.” – e eu também te “alertei” que o suicido de um comissário de polícia de Limoges, envolvido, COMO TANTOS OUTROS DEPOIS DOS ATENTADOS, não tinha sido bem traduzido na versão Brasileira (mas é normal, depois de tudo que se passa é muito mais sensionalista um título “RESPONSÁVEL PELA INVESTIGAÇÃO CH SUICIDA-SE”! Sinceramente, a polícia Parisience deve ser mesmo incompetente! Um atentado, perpretado em Paris, e o responsável pela investigação é um Comissário de Limoges?? Deduzo que sabes a quantos km fica Paris de Limoges, senão, o nosso querido amigo “Google map” dá-te a resposta.
          Acredito também que procuras cercar-te das informações, mas até aí acho que a tua imparcialidade deixa a desejar… Lembras-te bem da nossa troca de comentários no que se refere ao jornalista do CH que se encontrava em Londres no momento do massacre e que afirmaste ser Judeu ? Quando te pedi para enviares o link onde prova essa tua afirmação ironizaste que tinhas uma biblioteca de links no teu artigo. Ora bem, perdi mais um bocado de tempo e, sinceramente, encontrei o nome dele, mas por mais incrível que pareça nada encontrei que afirmasse a sua “origem”.
          Podes provar essa tua afirmação ??
          Se sim, tens toda a legitimidade de continuar a “exigir” provas aos outros, se não… acho que perdes toda a razão 🙂

          Mais um scoop que te ofereço (pois penso que vocês aí devem receber as informações um pouco “fora de horas”) acho que vais ter de arranjar mais tempo para te poderes dedicar ao teu blog e aprofundares as tuas investigações, já que esta noite foi desmantelado um grupo Jihadista na Bélgica, que preparava ataques terroristas às forças de ordem (na rua e esquadras) em que resultaram 2 mortos e a apreensão de armamento (das quais uma com o ADN correspondente a uma outra em posse de Coulibaly) Como deves deduzir, não te posso provar, foi só o que ouvi nas informações, mas deve ser outro truque de ilusionismo 😉

  10. Marden disse:
    janeiro 13, 2015 às 2:21 pm

    Mais um que tenta desqualificar a minha pessoa e não as dúvidas que venho apresentando aqui. O seu comentário vai ser poupado para que outros entendam um dos problemas do fundamentalismo.
    Resposta

    Onde esta a liberdade de expressão aqui? tambem vai ser apagado este post por ter conteudo inapropriado para com a sua pessoa?
    Mas claro tu tambem és charlie!

  11. Depois de ler tudo isto, apetece-me dizer que de facto cada um aprecia da maneira que quer, mas também me parece que alguns leitores defendem o islamismo. Há de facto uma parte no video que me deixa dúvidas, que é a morte do policia que está no chão e levanta a mão como se estivesse a pedir para ñ ser morto ou a “identificar-se”. Julgo que a bala ñ terá acertado na cabeça, até porque ñ se vê sangue e nota-se que a bala bate no chão a alguns centímetros da cabeça do policia, mas…

  12. Marden, o problema destas teorias alternativas, como aquela que propões, é que abrem uma caixa de pandora. Consideras que as evidências contra a tese oficial, a tese de fundamentalismo muçulmano, são falsas e acreditas ter desenterrado a camada de mentiras que coloca a descoberto as evidências verdadeiras (foi obra da mossad). Mas eu acredito que essa camada que tu descobriste é tão falsa como a primeira camada (a oficial) e que tudo é, na verdade, obra da espionagem russa que procura envolver o ocidente em guerras no médio oriente (guerras de sangramento) e destruir as alianças existentes França-Israel. Se leres obras sobre o KGB e outras agências de espionagem verás que a sua profissão assenta na arte de enganar tolos (aqueles que acreditam na tese oficial) e menos tolos (aqueles que, por desbravarem uma camada, acreditam ter descoberto a “verdade”). Nada mais falso. Acredita, és tão facilmente enganado como qualquer um de nós.

    • Obrigado por expressar sua opinião Pedro. Não descarto a possibilidade de estar enganado. Mas por onde devo começar a investigar que este atentado tem relações com a KGB? Poderia me orientar? Já li algumas coisas sobre a KGB, mas gostaria de algo relacionado com este atentado. Ficarei aguardando.

      • Marden, não tenho qualquer prova de um envolvimento do KGB, da Mossad ou dos Serviços Secretos Nepaleses. O que te procurava dizer é que: a) se vamos explorar a hipótese de uma agência secreta estar envolvida, é melhor pensar que eles são mestres em se disfarçar e conseguirão eliminar todas as provas da sua envolvencia; b) eu prefiro explorar um crime como o que aconteceu através de um princípio muito amado da investigação científica, o da navalha de occam. Este princípio diz que a explicação mais simples é a melhor. Assim, a tese de terrorismo muçulmano é, logicamente, a mais correta; seria necessário um corpo de evidências brutal para, por exemplo, eu acreditar que Israel ou a Mongólia teriam lucro em matar franceses no coração de Paris e hostilizar a França. Qualquer entendido em ciência política nos confirmaria que os riscos são altamente superiores a possíveis benefícios. A navalha de occam, neste crime, tende fortemente para a explicação lógica: há milhões de muçulmanos ofendidos com as caricaturas. Destes milhões, há milhares que matariam se tivessem as condições. Destes milhares, houve 2 que as tiveram. A matemática probabilistica é a minha navalha de occam.

        • Sim Pedro, você está certíssimo em utilizar a metodologia da navalha de occam. Existem muçulmanos radicais e dentre estes aqueles que seriam capazes de cometer as maiores atrocidades para defender o nome de Allah ou Muhammad. Não questiono isso.

          No campo das hipóteses a navalha de occam diz que os irmãos Kouachi mataram aquelas pessoas na Charlie Hebdo. Mas eu disse no campo das hipóteses. Deixando as hipóteses agora de lado, temos que usar a mesma navalha nos fatos apresentados.

          Sabemos que o policial não morreu com um tiro na cabeça, então devemos concluir que ele ou não morreu ou morreu de outra forma.

          Sabemos também que quando se dispara o ultimo tiro no policial, os terroristas ao voltar para o carro, o condutor conversa e faz um sinal circular com a mão e o braço, o que poderia significar de que ele iria dar uma volta no bairro, mas que também poderia significar fazer os carros voltarem a circular.

          E foi justamente isso que vimos com o outro vídeo, carros e motos voltaram a circular passando bem ao lado do policial que está no chão e vimos também alguns policiais que estavam sinalizando a rua e algumas pessoas já meio que impaciente começando a buzinar.

          Estes são os fatos. Agora você deve usar a navalha para dissecar tudo o que foi apreciado pelas imagens. Se a policia já estava no local no ultimo disparo, bloqueando as ruas, então pode ser que há uma participação do governo francês, certo?

          O resto agora deixo contigo. Bom uso com a navalha ai. Parafraseando você: os fatos são a minha navalha de occan. 😉

  13. demasiado tempo livre,autentico parasita da sociadade e que vive de um mundo completamente irreal…isto em nada tem lógica ou sentido,sublinho tudo do João Pedro e acrescento….vai mas é trabalhar que o “deus” não alimenta e …….”A MINHA LIBERDADE DE EXPRESSÃO COMEÇA QUANDO A TUA ACABA!!!!!!!”…
    .!.

    • Escrevo um texto e agora sou parasita 😉 Não tenho culpa se não entendes nada de lógica. Se não viste lógica, então paciência.

      Será que o meu novo post te ajudará? Duvido muito, mas… 😉

  14. Bem, realmente isto parece-me que vai ser um pouco como o 9/11 em que nunca saberemos quem realmente está por detrás dos ataques apesar de muita coisa não bater certo…
    Permite-me apenas frisar mais uma coisa que não sei se será dos meus olhos ou não, os espelhos do carro são brancos (ou cinzentos) e quando pesquisamos por fotos do carro depois de abandonado os espelhos já são pretos? Para mim outra coisa que não faz muito sentido.

  15. Se o objectivo do seu post é criar o buzz, imitando assim a maioria dos concorrentes da Casa dos Segredos a procura do seu momento de fama, penso que atingiu o seu objectivo. Agora, se o escreveu com convicção e vontade de passar uma mensagem qualquer, recomendo-lhe vivamente juntar-se ao grupo do Julio de Matos que defende que o atendado às torres gémeas nunca existiu, que o Elvis is still alive, que o Mickey Mouse existe mesmo, etc… O post não passa de uma manipulação dos factos com argumentos patéticos! Vai buscar as suas informações noutros blogs de nível rasca! Afirmar que o Mossad manipulou centenas de testemunhas para culpar os muçulmanos é mesmo patético. O Mossad mataria 12 pessoas para vingar-se de uma caricatura? Mas vocês acredita mesmo no que diz? Ou será para o buzz? Acredito que o seu espiritualismo, conforme anunciado no seu perfil, só deve começar depois do terceiro charro. Se for, fuma mais.

      • SD são as inicias do meu nome! Pouco original de facto.
        E penso que estava a referir-se ao H2testw e não ao H2tesw. Não sei se passarei neste teste!
        Mas no teste de sanidade, passo de certeza. Já você… 🙂
        Vá, no hard feeling.

        • Vá numa penitenciaria e todos dizem ser inocentes. Vá num sanatório e todos dizem ser normais.

          Quanto a mim, tenho minhas dúvidas sim!
          Mas fico feliz por você ter suas certezas.

  16. Para quem esteve longe dos atentados, o mínimo e informar-se. Falo porque vivo em Paris, e por ter sido informado e conhecer algumas pessoas envolvidas. E acho VERGONHOSO essas teorias de MERDA! Já que gostas de ler tudo mais alguma coisa (principalmente o “alguma coisa”) – com a esperança que deixas de escrever merdas de teorias ta treta:

    http://tempsreel.nouvelobs.com/charlie-hebdo/20150115.OBS0052/charlie-hebdo-ce-que-vous-pouvez-repondre-aux-arguments-complotistes.html

    (já que tens lido tantos sites franceses, penso indicar-te o nouvelobs não será uma ofensa a tua inteligência)

    • Mais um que vive em Paris, que estava no telhado da Charlie Hebdo, que sabe mais que todos os outros. Sempre assim, até parece que é combinado tais falas.

      Mas vamos lá: Já que sabes tanto, recebi a informação que os irmãos Kouachi tinham praticamente a mesma altura. Certo? Você confirma isso? Mas no vídeo eles aparentam ter alturas diferentes, um inclusive parece ser uma mulher. Como você explica já que eres “local”?

    • Ainda bem que vives em Paris. Diz-me lá então uma coisa: sabes como é que se estaciona aí? de para-choques encostado. Vai ao Google street view e poe-te lá no local onde o policia foi “abatido”. Vês todos os carros com mais de um metro de intervalo entre eles? Ou então vai lá ao local e posta aqui uma foto. É só para eu tirar uma dúvida que tenho…

      • Os acreditadores em TV não querem se esforçar para pensar fora da caixa, ir no local para tirar fotos então, nem pensar.

        Mas continuam batendo na mesma tecla: eu moro em Paris.

        • Mas “os acreditadores de TV”, que “continuam batendo na mesma tecla: eu moro em Paris” não precisam de TV nem de Google street view para conhecer as ruas, ao contrário de ti que deves ter morado tanto em Paris como eu no Brasil.
          Aliás, nem têm nada a provar. Quando se acusa alguém ou algo, só o autor dessas acusações tem de provar a sua veracidade no caso de ser interpelado, não o inverso
          Mas como já te deste ao trabalho de publicar um “percurso” pedonal da Rua Nicolas Appert até à igreja Notre Dame, passando pelo Boulevard Richard Lenoir (que só porque se chama “Boulevard” não significa ser uma grande avenida), podes fazê-lo novamente, mas desta vez com o nosso amigo “Google street view” e veres com os teus lindos olhos o número de lojas espectaculares para fazermos saldos na Rua Nicolas Appert, bem como o trânsito louco do Boulevard, para não falar do estacionamento… todos coladinhos que não passa um cabelo.
          Ah e com certeza também deve ser “ilusão de óptica” a grande parte pedonal à esquerda dos carros estacionados no Boulevard, essa sim focada nas filmagens (em altitude) desta trucagem do polícia que não morreu…

  17. Boas Marden, ando a seguir o teu blog e os respectivos comentarios a uns dias,nao interessa se sou a favor ou contra ou qual a minha opiniao, sou apenas um leitor atento e gosta se manter informado, gostava de saber qual a tua opiniao e a dos leitores do teu blog acerca das situaçoes que tem aparecido nos ultimos dias nos jornais acerca dos casos da Belgica e da Alemanha com os suposto casos de terrorismo desmantelados rececentemente.
    Obrigado e parabens pelo blog

    • Oi Andre, obrigado por comentar. Este caso de Paris, começou a chamar muita atenção em todos os países, em todas as línguas, sobre a falsidade deste evento. Quando a exposição começa a se tornar muito evidente, os que estão por detrás de tudo isso tende a criar novos eventos, como forma de distração (ou fazendo mesmo parte do plano).

      Alguns acreditam que o atentado de Paris serviu também para desviar a atenção sobre o filho da rainha da Inglaterra, Andrew, que está sendo acusado de pedofilia. E Paris tem muitas relações com a Inglaterra, deve-se lembrar que a princesa Diana veio a falecer (assassinada?) na bela e pacata Paris. Um evento deste em Londres teria sido mais difícil.

      Infelizmente não tive muito tempo para me dedicar nos casos da Bélgica e Alemanha. Se souber de algo irei criar um post sobre isso. Um abraço.

  18. “Um parece ser uma mulher…”
    As coisas que tu consegues supor além daquilo que se vê…
    Aposto que também consegues dizer qual o possível tamanho do sutiã…
    E ha entrada do carro perdeu um tacão que depois apanhou não foi?

    • Sim, por se parecer a uma mulher é uma suposição, concordo, mas quando eles diziam que uma mulher terrorista estava envolvida, ai as coisas começam a mudar de figura.

      • Vê-se mesmo que andas muito bem informado. Onde viste que no ataque ao CH estava uma mulher envolvida ??
        A única mulher que falaram poder estar envolvida em algo e no início procurada (e que já se provou ter viajado no dia 2 para a Turquia e dia 8 para a Siria) foi a mulher coulibaly após ataque ao supermercado.
        Mas convinhamos, quando nos arranja, é útil não investigar…
        Ah, continuo à espera da tua publicação dos links sobre o jornalista CH que estava em Londres e que é (?) Judeu e da testemunha dos “Lindos olhos azuis”

        • “quando nos arranja, é útil não investigar…” – sim, foi isso o que nos noticiaram no principio, assim como também se mostrou falso o estudante terrorista.

          Sobre o jornalista que se salvou e que estava em Londres já te dei pistas de onde investigar, nos meus links ao final do texto.

          Sobre os olhos azuis basta rever a minha atualização do dia 14/01/2014 às 13:00.

          Já mastiguei para ti Marie, agora não quer que eu engula também? rsrs Assim dizemos no Brasil aos que tem preguiça para tudo, inclusive investigar 😉

          • No início noticiaram muita coisa, mas já passaste essa fase, não? Ou as actualizações são só quando convém?
            Pois sim, já destes pistas, agora espero as provas (é assim que funcionas, não?
            A tua actualização do 14/01/2014 às 13.00 prova o quê? Eu também posso publicar uma foto e legendar de acordo com a minha conveniência e imaginação. Se para alguns é suficiente, não é o meu caso.
            Podes engolir tudo o que mastigaste pois mastigas muito mal, problemas de dentição? Muitos aqui também te têm mastigado muita coisa mas que preferes ignorar. Preguiça ou conveniência?

  19. Eu moro em Paris e sei o k vivvi estes ultimos dias,tenho um amigo k se salvou pork um musulmano k trabalha no “super cacher”o escondeu dentro do congelador com o seu filho de 3anos “k ainda hoje esta a ser seguido por um psicologo”e mais 9ou10 pessoas k estao vivas graças a esse rapaz,quando ao colete do jornalista k subiu pro telhado quando ouviram tiros no predio aonde trabalham,quem ja foi a uma redacçao de um jornal sabe k teem sempre coletes para aqueles k sao enviados pra zonas d guerra,a vossa teoria é a mesma k os sites radicais islamicos e daqueles k nestes ultimos dias em muitos Paises queimaram a bandeira Francesa,tenham respeito pelas victimas e parem la com isso,ja agora tanto os dois irmaos k atacaram Charlie”EU SOU”como o terceiro k atacou o super mercado judeu telefonaram para bfmtv e reevendicaram os ataques em nome da defesa do profeta.Dito isto espero k nunca venham a viver o k nos aqui vivemos nos ultimos dias porque caso contrario nao acreditavam em nada do k aqui escreveram.
    Marden ainda estao à procura da mulher do terrorista k atacou o super marcher porque ja ha provas k ela é complice do marido, ja se sabe k passou a fronteira Siria acompanhada por um Frances tambem procurado,mas nao se ve em imagem nenhuma como voce diz ai.Cheira-me a antissemitismo primario e essa k isto tudo foi pra desviar atençoes das acusaçoes do filho da rainha da Inglaterra, Andrew partiu_me todo.
    “Le fanatisme est un monstre mille fois plus dangereux que l’athéisme philosophique.
    “Puissent tous les hommes se souvenir qu’ils sont frères!”

    • E as forcas especiais com farda preta não andam armados? Foi eles que saíram do carro que fugir de marcha a ré. Foram também policiais de negro que levaram tiros quando o repórter dizia “à gauche” e que eles viraram para a direita. Sabe me informar porque eles também não estavam armados e o que faziam naquele local justamente naquela hora?

  20. Otimo blog. Isso só nis ajuda a desmascarar o verdadeiro intuito dos poderosos em fazer o q for preciso para garantir a manipulação e monopolização mundial. faz sentido. eu que sou o velho estudioso de conspirações.

    • Obrigado por participar e junte-se a nós Dande. Não tenho muita experiência com conspirações, mas de uns tempo para cá percebi que algumas coisas não encaixavam e foi neste evento de Paris que resolvi escrever algo. Toda ajuda será muito importante.

  21. “Marden disse:
    janeiro 17, 2015 às 1:32 am

    ….E Paris tem muitas relações com a Franca….”

    A sério, conseguiste descobrir isto???

    Daqui a nada descobres que Paris é na França, pior ainda que é a própria capital da França, e passa la um esgoto com 776km de extensão, a que os franceses chamam de Seine!!!

    O CSI da tão tarde e, antes de ir dormir, depois… “forma investigadores”…

        • Ataque pessoal??? Onde?? E mesmo se fosse, não é o que tens feito a quem discorda contigo mesmo se de uma maneira mais soft? És mesmo bom a fazer o teu “Calimero”. Chamei-te bipolar? Onde? Quando? Se fosses mesmo bom na investigação como fazes querer a toda a gente e se vivesses realmente no Brasil não te sentirias ofendido pois tinhas percebido logo… Trabalhador, inteligente 😛

      • No que diz respeito aos ingleses, estás melhor posicionado do que eu para te pronunciares. \m/
        Ah e já agora, como és tão bom na investigação e tão trabalhador (lol), ainda não descobriste se sou judia?? Estás a falhar… =D>

  22. Marden, mesmo não gostando do tipo de “jornalismo” praticado no pais de origem da reportagem… sugiro-te que vejas, pode ser que te ajude a terminar o teu caso de CSI.
    Já que consideras por exemplo que os terroristas eram profissionais…, (…provavelmente a comer gelados com a testa).

    http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2015/01/imagem-mostra-terroristas-se-abracando-para-comemorar-atentado.html

    Já o que viu branco e depois preto nos espelhos do carro que se de ao trabalho de ir ver fotos

  23. Felizmente encontrei aqui pessoas que teem uma coisa na cabeça além de cabelo. O senhor Marden deve até ser uma pessoa inteligente pelo que fez este post simplesmente deduzindo assim como no passado pela lógica se deduziu que a terra era quadrada e o sol girava ao redor da terra. Era normal, pois era lógico… para alguém que não sabe nada.
    Mas a parte do arigo que mais me fez rir foi o cometário sobre atirar granadas aos refens. É logico que isso é extremamente perigoso, só um palerma se lembraria de fazer uma coisa dessas. Mas só um palerma é que imagina que alguma força policial iria atirar granadas para uma situação de reféns. O senhor Marden pode não ter feito serviço militar o que eu posso compreender, mas pelo menos tente jogar um jogo tipo Rainbow Six para perceber o que são aquelas granadas. São granadas FlashBang que servem para desorientar e temporariamente cegar pelo brilho e som que faz, dando o tempo necessário para actuar.


    E melhor que tudo é que o policia que entra… entrou porque…. é a função dele. Por isso ele usa o escudo, pois a função dele é entrar e proteger o cordão que segue imediatamente atrás, cordão esse que quando apanhou fogo decidiu ficar para trás. Depois pela teoria do Sr Marden o policia no meio do tiroteio tira toda a roupa que tem e protecções, e veste um colete anti bala camuflado, muda de cor de pele e vai (imagine-se) suicidar contra os outros policias.

    É que nem em filmes, dos mais estúpidos que eu vi, eu vi algo assim tão rebuscado.

    • Obrigado por comentar. Você não é a primeira pessoa que me sugere jogar vídeo-game.

      Em que parte do vídeo que você viu a cor de pele do “terrorista” e que te dá a certeza de que não estaria confundindo com a roupa que ele usava?

      E é normal quando um policial entra num local, os demais atirarem nas suas costas e ainda ficarem pelo lado de fora? Então porque isso não foi demonstrado nos videos que você publicou? Veja que nenhum policial adentra sozinho. Viu isso? Reparou também que não soltam as “blank grenades” (bombas flash) quando entra o policial no recinto? Mas no Charlie Hebdo violou esta lógica de treinamento. No vídeo que você nos trouxe só confirma o que temos dito, apesar de serem de efeito, elas podem causar danos, como a parte onde mostra que fez cair parte do teto (segunda parte).

      Aposto que nos jogos de vídeo-games as coisas são um pouquinho diferentes, não? 😉

    • Jackass, quase todas as fotos que você for encontrar, vai te dar a impressão de que os retrovisores (espelhos) foram trocados ou se trata de um outro carro. Mas uma foto que publiquei no meu primeiro artigo sobre Charlie Hebdo, tem uma foto onde mostra que os espelhos parecem ser na cor cromada. Verifique isso e se quiser pode voltar a manifestar, contra ou a favor.

    • Pi@miolos, poderia nos citar de onde estas fotos estão sendo tiradas? De algum outro blog? Ou se não coloque uma legenda para informarmos aos demais do que se trata.

      Vemos que tem um corpo próximo a entrada. As outras sinalizações não sei do que se trata. Foi você quem marcou estas fotos?

      • Não fui eu que marquei as fotos, Foi um leitor dum fórum do qual deixo o link mais abaixo.
        Na primeira foto vê-se que não está ninguém no chão do lado esquerdo da entrada da loja, aquando da entrada da policia de choque. Portanto não há nenhuma vitima naquela posição já depois do “terrorista” ter sido abatido. Nas fotos seguintes vemos as pernas dum cadáver e as marcações forenses nesse canto esquerdo da entrada da loja. Andaram a arrastar o corpo? ou ele foi-se lá por para aparecer na foto? post #572

        Já agora neste fórum que refiro analisam vários aspetos como por exemplo a cor dos retrovisores do Citroen e parece que ainda não há certezas que não tenha havido “troca” de carros (pelo menos da posição do mesmo depois de abandonado).

        A análise ao vídeo liveleaks tomado doutro telemóvel e que filma as movimentações dos policias após o “abatimento” é no mínimo curiosa. Ninguém se preocupa em prestar assistência ao baleado, ao invés fazem sinais com cartazes e dão indicações ao trânsito… muito trânsito dum momento para o outro! post #540

        Ver post #551 e #573.

        Etc., etc,. etc

        http://www.reactorbreach.com/showthread.php?tid=4194

  24. Não levou muito tempo, fingiram o ataque em França e já tem toda a autoridade para atacar no Iraque e nos outros Paise Arabes novamente lolol, foi o que eu ouvi o Barack falar, depois dos franciús terem enviado um porta aviões para a Siria

  25. Em Fevereiro vai haver uma reunião qualquer no parlamento europeu para decidir se se deve ou não continuar a investir tanto dinheiro na luta contra o terrorismo. Assim o atentado já faz sentido, certo? 😀

  26. Pingback: E agora lugar às teorias de conspiração! Tem coisas que não encaixam no atentado contra a revista Charlie Hebdo

  27. No passado apareceram os Filósofos…ainda bem se não ate hoje em dia ninguém raciocinava, mesmo assim apos centenas de anos apos: Platão, Sócrates, Galileu e etc…os grandes pensadores. A maioria das pessoas ainda age pelo senso comum, todos acreditam no que a Imprensa ou o Governo fala (os dois trabalham em parceria) sempre a algo de errado com os Islâmicos ou no Oriente Médio…consequentemente a guerra tem que ser alimentada! quem ganha com isso? USA e ISRAEL a terra santa ganha milhões com a Industria bélica e o turismo religioso mesmo eles não acreditando em Jesus (nem eu) mas o dinheiro da fé alheia e bem vindo por la. A religião esta ligada as guerras e assim alguns países como citei vão enriquecendo: Saqueando e fomentando a guerra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s