Papa Francisco e José Mujica são de esquerda! E agora quem poderá nos salvar se até o Chapolin era colorado?

No mês de abril deste ano li um artigo no jornal A Razão intitulado Motivo de esperança, que me deixou muito esperançoso em relação ao novo Papa Francisco. E de lá para cá passei a acompanhar mais de perto algumas notícias relacionadas a ele. Uma parte do texto dizia o seguinte:

Chama a atenção na escolha do arcebispo de Buenos Aires, Jorge Mario Bergoglio, o fato de, pela primeira vez, o colégio de cardeais privilegiar, em detrimento dos seus pares europeus, um nome da América Latina, atitude que pode ser vista como uma pequena, porém efetiva, mudança na visão global da Igreja.”

No começo confesso que cheguei a duvidar e pensei que poderia ser alguma estratégia da igreja, já que na América Latina temos a maior população católica do mundo. Mas pensei um pouco mais (a isso chamamos de ponderação, o fato de pensar e repensar várias vezes sobre alguma questão) e cheguei a seguinte conclusão: se fosse uma estratégia teriam escolhido um papa brasileiro, já que o Brasil é o pais com a maior população católica do mundo.

Depois veio o fato do Papa Francisco querer vir visitar o Brasil. Algumas dúvidas prontamente puseram a funcionar a minha máquina de matutação. Mas não pensem que foi pelo fato de um argentino querer visitar o Brasil, porque para mim futebol nunca teve barreiras nem traves, exceto as que vemos nos dias de jogos.

Talvez fosse o viés político? Não sei! Depois de morar quase 20 anos fora do Brasil e acompanhar pela internet tantas notícias de corrupção na política, qualquer pessoa na minha situação ficaria desestimulada de ver as coisas apenas com um olhar político. Mas (in)felizmente a política está em tudo e não podemos fazer vistas grossas, principalmente porque a política faz parte de todos nós.

Vendo então pelo lado da política, pensei: a política que vem comandando o Brasil atualmente é uma política de esquerda. Quero deixar claro aqui que para mim não faz a menor diferença se um político é de esquerda ou de direita, se ele é centroavante ou zagueiro, recebe hóstia ou faz reverência a Yemanjá. Mas o que quero dizer é que para mim religião, política e futebol, a gente discute e respeita.

Um político que vem ganhando respeito internacional é o presidente do Uruguai, José Mujica ou Pepe Mujica, como é chamado pelo seu povo. E ele também é de esquerda. Mas não é fato dele ser de esquerda ou de direita que chama a atenção dos órgãos e da mídia internacional e sim a sua abnegação para com o luxuoso e os gastos públicos. Em uma entrevista a BBC Brasil, Mujica disse que “espera que um dia outros líderes mundiais siga seu exemplo de modéstia diante de um cargo público”.

Parece que esse dia que José Mujica esperava já chegou. E vem de outro esquerdista. Mas desta vez, não de um político. O esquerdista de que falo é o Papa Francisco. Imagino que quem seja de direita deve estar se contorcendo todo, seja na cadeira ou no sofá. Ah, mas você não leu essa notícia nas mídias brasileiras? Você tem razão, esta notícia foi pouco foi divulgada na mídia brasileira. Talvez por influência (ou quem sabe para não influenciar?) do julgamento do mensalão.

Sim o Papa Francisco é de esquerda, como noticiou o jornal El País da Espanha:

Mas isso não muda nada. Ele poderia ser de direita. Imagine que enquanto você lê este artigo alguém te pergunta se seu cérebro é de esquerda ou de direita? Para você não vai fazer muita diferença não é? Na verdade você sabe que precisa dos dois hemisférios.
Se você é de direita e católico, você também tem muito a comemorar, mesmo tendo um Papa de esquerda. Lutar para acabar com a corrupção é um dever de todos. Assim como é nosso dever lutar para acabar com a mortalidade infantil, com a erradicação da pobreza, para darmos uma escola de qualidade para as nossas crianças. E outras tantas coisas mais que precisam ser consertadas.

E se alguém ainda quiser insistir em querer te mostrar que essas diferenças são importantes, simplesmente responda que para você os Princípios de Justiça e da Moral estão acima de qualquer partido político. E se ainda assim não funcionar, digam para chamar o Batman ou o Chapolin Colorado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s