Porque será que suco industrializado estragado nos deixam mais revoltados do que com fruta estragada?

Nos meus últimos posts venho comentando sobre como desfrutar mais da vida, economizando dinheiro e empregando essa economia em coisas que são realmente úteis para a grande maioria das pessoas. Venho falando também em como ter mais saúde física e mental. Acredito que vale a pena continuarmos tratando desse assunto, já que saúde e felicidade são temas importantes na vida de qualquer um de nós. E para isso apresento a vocês esta foto:

suco del valle

Ontem tive conhecimento desta foto que foi compartilhada no Facebook por Adriana Gonçalves. Realmente se trata de algo de dar nojo e que nos preocupa, fazendo-nos pensar sobre o tipo de alimento que estamos colocando em nossas bocas ou nas bocas de nossos filhos. Mas o que mais me chamou a atenção foi o número de vezes que esta foto foi compartilhada apenas nesta rede social. Não é a primeira vez que isso acontece com os produtos desta marca e que inclusive há outras fotos mais nojentas. Percebi que essa mesma foto, através de outra usuária da mesma rede, chegou a ter mais de 222.000 compartilhamentos (ontem quando vi pela primeira vez estava com 176.000 compartilhamentos).

Isso é algo que deveria estar preocupando a Coca-Cola, proprietária da marca Del Valle, pois apenas esta foto, que foi compartilhada mais de 222.000 vezes, provavelmente deve ter sido vista por mais de 17 milhões de pessoas, de acordo com a média de audiência do Facebook levantada pela Universidade de Stanford, que é de 78 visualizações para cada post publicado na rede. Mas até o momento a Coca-Cola apenas se limitou a dizer a seguinte frase:

Já estamos cientes do ocorrido. O caso está sendo tratado pelo fabricante responsável pela região da consumidora, que recolherá o produto para avaliação. Suas observações merecem toda nossa atenção e também foram repassadas para conhecimento e providências do nosso fabricante autorizado. Para melhor entender o que ocorreu neste caso, é importante avaliarmos as condições da embalagem retratada. As imagens sugerem ocorrência de bolor, que pode ser resultado de transporte ou armazenamento inadequados da embalagem asséptica que, quando amassada ou submetida a impactos, pode permitir alterações no produto, uma vez que o mesmo não possui conservantes em sua receita. Mais uma vez, agradecemos sua sinalização.”

Porque será que um suco industrializado, quando está alterado dessa maneira, nos chama tanto a atenção e nos causa tanto impacto?

Essa é uma pergunta difícil de responder. Mas acho interessante analisarmos a pergunta com mais profundidade. Vamos imaginar que no lugar de comprar o suco de goiaba Del Valle, a mesma consumidora tivesse ido na frutaria da esquina e comprado as goiabas para fazer o suco quando chegasse em casa. Primeiramente ela iria escolher as melhores goiabas, utilizando critérios como: tamanho, aparência, cor, cheiro, etc. Após verificar que a fruta não tem partes estragadas nem furos ou sinais de violação da casca, ela acabaria por comprar o produto. Chegando em casa e ao cortar a fruta, ela percebe que em uma das goiabas há uma lagartinha lá dentro. Ela provavelmente irá descartas a fruta estragada ou retirar apenas a parte que estiver estragada, aproveitando o restante. Raramente ela irá tirar fotos da fruta estragada para servir como prova para exigir seu dinheiro de volta. De forma inconsciente, a consumidora irá sentir que tem parte da culpa, porque foi ela quem escolheu o produto e quem não percebeu alguns sinais que indicava que a fruta tinha sido contaminada ou perfurada por algum inseto.

Agora se essa mesma consumidora fosse na mesma frutaria para comprar as tais goiabas e não pudesse escolhê-las, ao chegar em casa e caso encontrasse alguma fruta estragada, ela iria se sentir enganada, por saber que a culpa não foi sua e que provavelmente isso não teria ocorrido se fosse ela quem tivesse escolhido as frutas. Não é certo? E é justamente isso que acontece quando compramos algum produto alimentício industrializado. Ao percebemos que o produto está estragado, de alguma forma sentimos que fomos enganados. E na maioria das vezes somos mesmo. Vou dar um exemplo do porquê que isso ocorre: as fotos das frutas nas embalagens são belas e saudáveis, muitas delas mostrando uma beleza tanto na parte exterior, quanto na parte interior da fruta. Mas isso não quer dizer que o que estamos comprando corresponde a aquela fruta que é mostrada na embalagem. Inconscientemente acreditamos que o produto que vem dentro da embalagem condiz com o que é mostrado nas publicidades. Mas a realidade é bem outra!

Então o que fazer para não sermos mais engados?

Siga sua razão e também sua intuição. Agindo assim você vai perceber duas coisas importantes:
1) A natureza não nos engana.
2) Somos parte da natureza e se nos reconectarmos com ela, dificilmente seremos enganados e tampouco enganaremos alguém.

Normalmente somos enganados por pessoas gananciosas. Algumas dessas pessoas maquiam seus produtos e tentam vendê-los como se fossem o melhor do mercado. Pior ainda, algumas pessoas tentam dizer que os produtos delas são melhores que os encontrados na própria natureza. Essas pessoas são alienígenas. Não deem tanta atenção a elas, porque elas não fazem parte deste planeta, não fazem parte da nossa natureza.

Da próxima vez que for comprar algum produto, seja para você ou sua família, veja o quanto próximo da natureza está esse produto. Agora se você for comprar algum alimento, então seus cuidados devem multiplicar. Se não for possível consumir produtos cultivados por você mesmo, procure então os produtos orgânicos, que sejam livres de qualquer tipo de agrotóxico. Com saúde não se brinca e sua intuição e razão podem confirmar isso.

Anúncios

2 opiniões sobre “Porque será que suco industrializado estragado nos deixam mais revoltados do que com fruta estragada?

  1. Isto é uma falta de respeito com o consumidor,trabalhei por 27 anos na Prefeitura de Vassouras – RJ, e nunca recebemos esta denúncia!
    Mande uma multa ou processe!!!!!!!!!!!!!

    • Cara Mariana Lopes,

      Pelo que tudo indica a consumidora Adriana Gonçalves procurou por seus direitos e chegou a fazer denúncias mas percebemos que pouco está sendo feito de maneira satisfatória (veja aqui: http://bit.ly/DescasoDelValle). Agora nem tudo está perdido e nós consumidores temos o poder de compra em nossas mãos. No dia em que passarmos a tomar apenas sucos espremidos na hora e deixar de lado os sucos ou bebidas processadas industrialmente, recuperaremos a nossa saúde e os nossos pomares de volta. É apenas uma questão de consciência. Obrigado por comentar e volte sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s