Fim do mundo ou fim da ignorância?

Temos a sensação de que o mundo caminha para um abismo. Para tudo o que é lado vemos tristezas ou situações deploráveis. Dor e sofrimento. Muitos se desesperam, alguns se enlouquecem, vários entram em depressão, todos tomam algum tipo de medicamento. E com o passar dos anos, mais e mais medicamentos. Uma imensidão de dependentes e alguns poucos a lucrar com tal situação. Sabemos que alguns medicamentos veio a nos favorecer, como é o caso da penicilina.

 

Mas vivemos sob o domínio do medo. E quem nos amedronta e porque? A criação do medo é um forte mecanismo de controle. É mais fácil alguém tirar algo de você, quando se está com medo. Foi assim durante vários séculos, quando vivíamos no obscurantismo. Mas agora estamos no século das luzes, na era da informação, não é? Sim, é verdade. Mas os dominadores, os enganadores do povo, também sabem usar a mídia a seu favor.

 

Criam-se doenças novas, para logo em seguida venderem seus produtos. Em vários países, crianças com idades de até 2 anos, já tomaram mais de 20 vacinas. Crianças entre 3 e 5 anos, diagnosticadas com transtornos bipolares, tomando até 5 tipos de psicotrópicos, que supostamente seria medicamentos para adultos. Afetando a formação cognitiva da criança, comprometemos para toda a vida o seu poder de raciocínio. E sem raciocinar se torna mais fácil de ser manipulada. E uma vez manipulados, damos de mãos beijadas tudo aquilo que havíamos conquistado através do fruto de nosso suor, de nosso trabalho.

 

Aqueles que estão no topo da escala social, materialmente falando, não gostam do despertar das consciências. Fazem de tudo para calar quem ousa alertar a população. Chamam a estes libertadores de “loucos” ou “filhos do demônio”. Quando na verdade são eles os “lobo em pele de cordeiro”. Porque se tivessem a verdadeira noção da vida, saberiam distribuir melhor suas riquezas. Seriam menos avarentos e consequentemente teriam a verdadeira noção de felicidade. Entenderiam o porquê que mesmo tendo tanto dinheiro, há coisas que o dinheiro não pode comprar.

 

Preparem-se todos para este despertar. E procurando sempre raciocinar, com o pensamento elevado e o desejo de querer aprender, estaremos assim trilhando um caminho mais ameno, com menos faltas cometidas e portanto acertando cada vez mais. Passaremos a ter uma vida mais saudável, mais equilibrada e justa. E sentiremos uma grande satisfação em querer ajudar o nosso próximo, fazendo-lhe o bem e sem nada esperar em troca. Porque, quem bem faz para si o está fazendo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s